fbpx

Nesse artigo, eu vou te explicar o que são as miniaposentadorias e como pode trazer esse conceito para a sua vida! O conceito das miniaposentadorias é popularizado e discutido pelo Tim Ferris no seu livro “Trabalhe 4 horas por Semana”, dessa forma, você poderá entender como você pode vivenciá-las de forma prática.

.
.
.

Importância das miniaposentadorias 

.
Atualmente, vemos que a maioria da população ainda tem uma ideia retrógrada de trabalhar 40-50 anos da vida para acumular dinheiro e se aposentar aos 60-70 e, portanto, curtir a vida…
.
Isso, no entanto, não tem lógica nenhuma.
.
Nessa fase da vida, você não terá mais saúde para aproveitar a vida como quando tinha 20-40.
.
Além disso, você não terá dinheiro suficiente, pois o que sobrará para você lá na frente é pouco caso dependa dos programas de previdência e aposentadoria do governo.
.
Então, o que eu vou propor aqui é uma solução muito mais sábia para você aproveitar a vida o quanto antes, com energia, saúde e disposição para viver experiências únicas e não economizar felicidade para um futuro incerto.
.
miniaposentadorias
.

 

Meu próprio caso

.
Eu já tive essa mentalidade de acumular, acumular e acumular para o futuro ou tentar atingir o meu primeiro milhão antes dos 30.
.
No entanto, foi aos poucos que passei a entender que não fazia sentido apenas acumular para o futuro, pois ele é incerto e, a qualquer momento, eu posso partir para a próxima!
.
E a questão do primeiro milhão é, também, uma ilusão, pois quando você busca metas somente pela meta em si, quando você chega lá, vai querer acumular 10 milhões, depois, 100 milhões e nunca ficará satisfeito, afinal.
.
Então, resolvi viver o presente intensamente e trazer o conceito das miniaposentadorias para minha vida.
.
Mas, afinal, o que é isso e como que eu faço?
.

 

O que são miniaposentadorias?

.
Bom, as miniaposentadorias são períodos de descanso e aventuras em bases regulares, que você vai intercalando ao longo da vida, em função do seu trabalho e interesses pessoais.
.
Geralmente, elas são mais longas, durando cerca de 6 meses.
.
Mas, você também pode adaptar para períodos mais curtos, dependendo, portanto, dos seus projetos…
.
E podem ser momentos de desconexão total do trabalho ou até mesmo não.
.
Pois cada vez mais o conceito de trabalho e prazer não precisam ser opostos, então você pode apenas reduzir o ritmo para liberar mais tempo para outros prazeres, hobbies ou simplesmente descansar.
.

 

Como você deve agir!

.
Eu, por exemplo, tenho optado atualmente por fazer um conceito mais próximo das miniférias, que é parecido, mas são períodos mais curtos de 1 a 2 semanas.
.
Pois com uma das minhas empresas, eu tenho viajado constantemente para países como Japão, India, África do Sul, Holanda e passo períodos de 1 a 3 meses nesses locais.
.
E, após semanas intensas de trabalho, a Taíssa e eu sempre buscamos um país novo ou pico incrível pela região para descansar e curtir mais o local.
.
Mas Ian, para você, que é nômade, fica fácil? E eu que só tenho 30 dias de férias?
.
Uma opção é, aos poucos, tentar negociar uma maior flexibilidade com o seu chefe para adotar o trabalho remoto e conseguir essa independência geográfica.
.
Eu ainda vou falar mais sobre essas técnicas no meu canal, mas já pode ter um gostinho aqui nesse video sobre como negociar 1 dia de home office com seu chefe.
.
E a outra opção é ir dando os passos necessários para alcançar essa liberdade, estruturando um projeto em paralelo que te permita viajar dessa forma…
.
Seja com um negócio online, ou através de rendas passivas, ou dando uma porrada que te permita acumular grana suficiente para ficar alguns meses sem trabalhar…
.
Há várias opções para isso.
.
O que não surtirá efeito algum é ficar de mi-mi-mi reclamando da vida o tempo todo sem agir!
.

 

Conclusão

.
Então, fez sentido para você?
.
Esse conceito é muito poderoso e cabe a você começar a trazê-lo para a sua vida afim de focar no único momento que importa, que é o agora.
.
Para de economizar felicidade e experiências únicas para o futuro. Foque na sua liberdade agora!
.
E você não precisa de muito para viver essas experiências, ainda mais em picos como o sudeste asiático ou leste europeu, onde com cerca de USD 1000 por mes, você pode viver uma vida de rei!
.
Ou seja, um milionário sem milhões! 😉
.
Milionário sem milhões - Ian Borges - e-mails
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho videos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tb ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!