fbpx
Nesse artigo, eu vou compartilhar com você um importante exercício minimalista para te ajudar a focar nos relacionamentos positivos e que geram muito mais valor para a sua vida.
.
.
.
.

Livro “O princípio 80/20”

.
.

Vamos entender melhor o que diz Richard Koch

.
Esse exercício muito foda, eu adaptei do livro O princípio 80/20 do Richard Koch.     
.
Adianto que ele me ajudou a entender que não estava dedicando tempo suficiente com as pessoas mais importantes na minha vida.
.
  • Amigos da vida adulta;
  • Amigos da infância
  • Familiares;
  • Companheiro;
  • Companheira;
  • Colegas de trabalho.
.
Isso, porque esse livrasso aborda no detalhe a Lei de Pareto do 80/20, ou seja, 80% dos nossos resultados vem dos 20% dos nossos esforços.
.
.

.

Mas, por que isso é importante?

.
Porque nossas amizades e relacionamentos profissionais são o coração da nossa vida.
.
Dessa forma, existe nas entrelinhas desses relacionamentos um desafio entre quantidade e qualidade…
.
E isso, infelizmente, não nos ajuda a focar no que é, de fato, importante.
.
Por isso, eu conecto com o minimalismo, que é uma filosofia de vida que preza por focar no essencial, com mais consciência e intenção daquilo que você traz para sua vida.
.
E isso seja relacionado a bens materiais ou a relacionamentos, que é o ângulo que estou abordando aqui!
.

Para te ajudar mais no entedimento desse conceito, vou deixar um vídeo aqui que fiz falando sobre O QUE É MINIMALISMO e os BENEFÍCIOS para sua vida!

.
.
.

Como você encara os seus relacionamentos?

.
Quantas vezes você já se pegou negligenciando ou não cuidando com muita atenção daquelas pessoas mais importantes, pois simplesmente se sente seguro que vão continuar sempre acessíveis?
.
E, aqui, estou falando de pais, companheira ou companheiro, melhores amigos…
.
Pessoas essas que acabamos praticamente deixando de lado para gastar energia com pessoas não tão próximas e que não geram tanto valor na nossa vida.
.
.

Mas, vamos entender no detalhe como que essa lógica funciona?.

.
  • 80% do valor dos nossos relacionamentos resulta de 20% deles;
  • Muito desse valor é proveniente dos amigos mais próximos que formamos nos primeiros anos de vida
  • Nos dedicamos muito menos de 80% da nossa atenção para cuidar desses 20% de relacionamentos que nos trazem 80% de valor.

.

Milionário sem milhões - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos
.
.
.

Agora vamos ao exercício!

.
Dê uma pequena pausa aqui, pegue um papel e uma caneta e vamos ver como ficam seus resultados.
Ou senão, abre essa planilha aqui que eu preparei para facilitar a sua vida: LINK PARA A PLANILHA.
.
A ideia é criar um gráfico com os 20 melhores relacionamentos pessoais.
.
.
.

1 – Comece indicando, de forma decrescente, as 20 pessoais mais importantes em termos de valor na sua vida (amigos e pessoas amadas…)

.
E  “importante” aqui representa o grau de proximidade, profundidade e o quanto esse relacionamento gera de valor na sua vida.
.
.
.

2 РAgora distribua 100 pontos pelas 20 pessoas considerando o grau de import̢ncia delas.

.
Por exemplo:
.
Se a primeira pessoa é tão importante quanto as outras 19 somadas, você dará 50 pontos para ela..
.
Em seguida, distribuirá o restante por essas 19.
.
É provável que você tenha que rever essa distribuição algumas vezes até chegar ao 100.
.
Se quiser, dá um pausa nesse vídeo e faça a distribuição…
.
Não sei como ficará sua lista, mas um padrão que se repete é que as 4 primeiras pessoas da lista (20% do total) somarão a maior parte dos pontos (talvez 80%).
.
E deverá haver uma constante de relação entre cada numero atribuído e o seguinte.
.
Por exemplo:
.
  • A pessoa número 2 pode ter 2/3 ou a metade de pontos do número 1;
  • A pessoa número 3, mesma coisa em relação à número 2.
.
E assim por diante…
.
.
.

3 – Agora complete o exercício anotando ao lado do nome da pessoa a quantidade de tempo que você ativamente se dedica a ela, seja conversando ou fazendo uma atividade em conjunto num mês.

.
Faça uma estimativa por alto… Não é ciência exata aqui.
.
.
.

4 – Em seguida, transforme a quantidade de tempo total em 100 unidades e  distribua novamente na lista

.
Por exemplo:
.
Se o total de horas for 300 horas…
.
Numa bela regra de 3, cada unidade das 100 equivalerá a 3h, correto?
.
Assim, se a pessoa número 10 tiver 6h de dedicação, você indicará 2 unidades:
.
6h/3h = 2 unidades.
.
Normalmente, você perceberá que passa muito menos do que 80% do seu tempo com aquelas 20% de pessoas que te geram 80% de valor.
.
.
.

Conclusão

.
Então, fez sentido para você?
.
O objetivo desse exercício é simples:
.
  • Optar pela qualidade em vez da quantidade.

.

Dessa forma, você precisa investir em seu tempo e energia emocional para consolidar e aprofundar seus relacionamentos mais importantes.

Por outro lado, é importante deixar para trás aqueles relacionamentos tóxicos ou irrelevantes na sua vida!

Milionário sem milhões - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos

.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho vídeos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu também ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!