fbpx

Nesse artigo, eu explico como você pode trabalhar alguns princípios do minimalismo nas conversas para desenvolver melhor o estado de presença plena e de autoconsciência nos encontros com familiares e amigos.

Experiências que se tiram com boas conversas em família

Ao me reunir com a minha família para as festas de Natal e Réveillon, no final de 2019, eu parei para refletir sobre como nos comportamos nas conversas que rolam dentro desses encontros.

E isso me despertou um insight muito proveitoso…

Nesse tipo de situação, é bastante comum que todo mundo tenha muito a dizer: quantos acontecimentos ao longo do ano não temos para compatilhar com quem amamos?

Como estamos tão envolvidos pelas novidades, assumimos aquela conduta de só querer falar e não ouvir o que os outros têm a dizer também.

Assim, após refletir a respeito do assunto, eu comecei a imaginar como o minimalismo nas conversas poderia ajudar a desenvolver uma presença ainda mais plena nos momentos que passamos com pessoas queridas…

Desse modo, selecionei aqui 5 DICAS que te ajudarão a colocar em prática o minimalismo nas conversas de maneira eficaz, evitando, por exemplo, ser aquela pessoa que só sabe tagarelar, mas que nunca tem nada a dizer. Confira!

1 – Aprenda a ouvir mais do que falar

A dinâmica de se ter muito a dizer pode ser algo prejudicial: a necessidade de contar nossas experiências pode gerar impressões bastante distorcidas sobre nós. Além disso, existe aquela condição egoísta bastante perigosa de não saber ouvir o outro.

Defender o seu ponto de vista sem saber quando é hora de se calar nos leva a uma espécie de Guerra de Egos e, nessa história, nós sabemos muito bem que todos saem perdendo…

Dessa forma, para ser possível observar um estado de presença plena mais verdadeiro, você precisa se colocar mais no lugar do outro e se tornar, assim, um melhor ouvinte.

2 – Viva um verdadeiro estado de presença plena

Outro fator que vai te permitir ter mais tempo de qualidade com seus amigos e familiares é estando 100% presente no local. Ou seja, você precisa aprender a valorizar os raros momentos ao lado das pessoas que você ama.

Para isso, é necessário se livrar de armadilhas como celulares e redes sociais, as quais vão te fazer terceirizar aqueles segundos preciosos com os seus.

Entender a importância dessas oportunidades te fará desenvolver encontros mais construtivos, onde as conversas olho a olho serão ainda mais valiosas do que qualquer distração.

Portanto, não desperdice energia deixando de estar presente no único lugar que importa naquele momento e onde você deveria realmente estar: no AGORA.

3 – Se interesse de verdade

Demonstrar interesse no que o outro tem a dizer é super vital para as suas relações. Não fique apenas esperando a sua vez de falar: tenha uma comunicação verdadeira com as pessoas presentes na roda.

Esse é o tipo de oportunidade cotidiana que você pode se aproveitar para aprender com as relações pessoais. Ou seja, se utilize de todas as experiências compartilhadas naquele momento para tirar Pílulas de Sabedoria para sua própria vida.

4 – Seja mais intencional no falar

Ser aquela pessoa que fala, fala, mas não tem nada a dizer é extremamente desconfortante e chato. Imagino que todo mundo conheça alguém com este perfil.

Sendo assim, imagine que cada oportunidade de poder compartilhar algo é também uma nova oportunidade que você gera para agregar algum tipo de valor para as pessoas ao seu redor. Portanto, aproveite bem a chance!

5 – Evite falar mal das pessoas

Todo mundo, em algum momento, já se pegou falando mal de alguém… E, na maioria das vezes, não havia a menor necessidade disso acontecer.

Este hábito está presente na vida de todo mundo, mas é necessário que se tenha bastante cuidado com isso. Às vezes, uma fofoquinha simples pode gerar resultados bastante negativos dentro dos ciclos sociais que fazemos parte.

Portanto, aprenda a se libertar desse tipo de hábito tóxico que nada tem a acrescentar na sua vida e viva os seus relacionamentos de maneira mais leve e consciente.

Conclusão

Então, é isso, pessoal!

Nesse artigo, a minha ideia foi te mostrar como o minimalismo nas conversas pode te fazer observar melhor um estado de presença plena nas suas relações.

Não se deixe levar pelas famosas “Small Talks”, aquelas pequenas conversas que são verdadeiros vícios do falar. Saber equilibrar os momentos de falar e os momentos de se calar é extremamente positivo para as relações que desenvolvemos.

Por fim, você estará mais preparado para ter verdadeiros encontros de qualidade com as pessoas que você ama e, dessa forma, poderá tirar muitos aprendizados de cada uma das experiências divididas.

Até a próxima!


Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no Telegram aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!