fbpx
Minimalismo nas conversas | CEO da própria vida

Minimalismo nas conversas | CEO da própria vida

Nesse artigo, eu explico como você pode trabalhar alguns princípios do minimalismo nas conversas para desenvolver melhor o estado de presença plena e de autoconsciência nos encontros com familiares e amigos.

Experiências que se tiram com boas conversas em família

Ao me reunir com a minha família para as festas de Natal e Réveillon, no final de 2019, eu parei para refletir sobre como nos comportamos nas conversas que rolam dentro desses encontros.

E isso me despertou um insight muito proveitoso…

Nesse tipo de situação, é bastante comum que todo mundo tenha muito a dizer: quantos acontecimentos ao longo do ano não temos para compatilhar com quem amamos?

Como estamos tão envolvidos pelas novidades, assumimos aquela conduta de só querer falar e não ouvir o que os outros têm a dizer também.

Assim, após refletir a respeito do assunto, eu comecei a imaginar como o minimalismo nas conversas poderia ajudar a desenvolver uma presença ainda mais plena nos momentos que passamos com pessoas queridas…

Desse modo, selecionei aqui 5 DICAS que te ajudarão a colocar em prática o minimalismo nas conversas de maneira eficaz, evitando, por exemplo, ser aquela pessoa que só sabe tagarelar, mas que nunca tem nada a dizer. Confira!

1 – Aprenda a ouvir mais do que falar

A dinâmica de se ter muito a dizer pode ser algo prejudicial: a necessidade de contar nossas experiências pode gerar impressões bastante distorcidas sobre nós. Além disso, existe aquela condição egoísta bastante perigosa de não saber ouvir o outro.

Defender o seu ponto de vista sem saber quando é hora de se calar nos leva a uma espécie de Guerra de Egos e, nessa história, nós sabemos muito bem que todos saem perdendo…

Dessa forma, para ser possível observar um estado de presença plena mais verdadeiro, você precisa se colocar mais no lugar do outro e se tornar, assim, um melhor ouvinte.

2 – Viva um verdadeiro estado de presença plena

Outro fator que vai te permitir ter mais tempo de qualidade com seus amigos e familiares é estando 100% presente no local. Ou seja, você precisa aprender a valorizar os raros momentos ao lado das pessoas que você ama.

Para isso, é necessário se livrar de armadilhas como celulares e redes sociais, as quais vão te fazer terceirizar aqueles segundos preciosos com os seus.

Entender a importância dessas oportunidades te fará desenvolver encontros mais construtivos, onde as conversas olho a olho serão ainda mais valiosas do que qualquer distração.

Portanto, não desperdice energia deixando de estar presente no único lugar que importa naquele momento e onde você deveria realmente estar: no AGORA.

3 – Se interesse de verdade

Demonstrar interesse no que o outro tem a dizer é super vital para as suas relações. Não fique apenas esperando a sua vez de falar: tenha uma comunicação verdadeira com as pessoas presentes na roda.

Esse é o tipo de oportunidade cotidiana que você pode se aproveitar para aprender com as relações pessoais. Ou seja, se utilize de todas as experiências compartilhadas naquele momento para tirar Pílulas de Sabedoria para sua própria vida.

4 – Seja mais intencional no falar

Ser aquela pessoa que fala, fala, mas não tem nada a dizer é extremamente desconfortante e chato. Imagino que todo mundo conheça alguém com este perfil.

Sendo assim, imagine que cada oportunidade de poder compartilhar algo é também uma nova oportunidade que você gera para agregar algum tipo de valor para as pessoas ao seu redor. Portanto, aproveite bem a chance!

5 – Evite falar mal das pessoas

Todo mundo, em algum momento, já se pegou falando mal de alguém… E, na maioria das vezes, não havia a menor necessidade disso acontecer.

Este hábito está presente na vida de todo mundo, mas é necessário que se tenha bastante cuidado com isso. Às vezes, uma fofoquinha simples pode gerar resultados bastante negativos dentro dos ciclos sociais que fazemos parte.

Portanto, aprenda a se libertar desse tipo de hábito tóxico que nada tem a acrescentar na sua vida e viva os seus relacionamentos de maneira mais leve e consciente.

Conclusão

Então, é isso, pessoal!

Nesse artigo, a minha ideia foi te mostrar como o minimalismo nas conversas pode te fazer observar melhor um estado de presença plena nas suas relações.

Não se deixe levar pelas famosas “Small Talks”, aquelas pequenas conversas que são verdadeiros vícios do falar. Saber equilibrar os momentos de falar e os momentos de se calar é extremamente positivo para as relações que desenvolvemos.

Por fim, você estará mais preparado para ter verdadeiros encontros de qualidade com as pessoas que você ama e, dessa forma, poderá tirar muitos aprendizados de cada uma das experiências divididas.

Até a próxima!


Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no Telegram aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!
Quando o sucesso e a fama abalam o seu super poder

Quando o sucesso e a fama abalam o seu super poder

Nesse artigo, eu gostaria de trocar uma ideia com você sobre um assunto muito sério: o lado negativo da fama. Assim, eu resolvi trazer esse tema tão recorrente nos dias de hoje para tirarmos algumas reflexões e insights importantes.
 
 
 
 
 

Situação bastante comum na atualidade 

 
O ser humano possui um forte desejo de fama: viver sob holofotes é o sonho de muitos de nós. Quando essa exposição é muito grande, porém, as pessoas tendem a se deixar levar pelo ego…
 
E, como consequência, acabam desenvolvendo:
 
  • Vaidade exacerbada
  • Insegurança na tomada de decisões
  • Necessidade de utilizar máscaras
  • Baixa autoestima
  • Necessidade de reconhecimento
  • Dependência de aprovações externas constantes
 
Em geral, é correto afirmar que os seres humanos possuem essas características. E, se as pessoas em questão são influenciadores de alta visibilidade, isso é multiplicado de forma exponencial.
 
O impacto disso é gigantesco, além de ser potencializado por toda a divulgação dos meios de comunicação em massa: as redes sociais possibilitam uma rápida divulgação informacional!
 
E você pode até não ser uma pessoa famosa, mas precisa concordar comigo: é muito foda ter que lidar com isso!
 
Imagina a situação de ter, todos os dias, milhões de pessoas te exaltando, dizendo que você é incrível, uma referência no que faz, etc… Mas, ao mesmo tempo, precisar lidar com a crítica: outros milhões querendo acabar com você.
 
Assim, é essencial manter um domínio da mente e, sobretudo, controle emocional… Somente assim, será possível continuar a caminhar sem se deixar levar pelas opiniões das pessoas que não te conhecem!
 
A questão é: não aprendemos inteligência emocional na escola. Infelizmente! Mas, deveríamos!
 
A única forma de você desenvolver a resiliência necessária é apanhando da vida. Isso mesmo! Somente através das porradas da vida, ou seja, das experiências práticas, você se sentirá preparado para lidar com quase tudo ao seu redor: e, nessa conta, entram coisas bastante relevantes do cotidiano.
 
E, não adianta, experiência e sabedoria só vêm com o tempo. Nada como fracassar na vida várias e várias vezes para entender a devida importância do apredizad o das coisas.
 
Assim, você criará um fundamento denominado Inteligência Emocional que te permitirá viver preparado para lidar com situações dessa natureza, criando, portanto, uma base de vida bastante sólida.
 
 
 

Minha forma pessoal de lidar com essas questões

 
É inevitável não se abalar com comentários negativos. Ao ler 1 hater a cada 500 comentários, apesar de ter aprendido bastante ao longo dessa jornada, eu ainda dou aquela rateada.
 
Imagina, agora, essa situação multiplicada por milhões, como acontece com pessoas importante da mídia. É complicado!
 
E se pegar o exemplo dos influenciadores no Youtube, a maioria que está em evidência é bastante nova. Acontece que o crescimento precoce, sem o devido acompanhamento emocional, gera algumas consequências perigosas.
 
Agora, para para imaginar a que tipo de coisa esssas pessoas estão expostas…
 
  • Gente interesseira
  • Muita grana envolvida
  • Festas, bebidas, drogas, sexo
  • Mundo de aparências
  • Viagens, flashes, entrevistas…
 
A exposição é gigantesca, por isso, todo cuidado é pouco para lidar com esse estilo de vida. É necessário, portanto, que se procure por meios que auxiliem na busca de equilíbrio em meio à fama.
 
Aqui, podemos mencionar o exemplo do Whindersson Nunes, influenciador digital e comediante que precisou lidar com o estrondoso sucesso nos últimos anos.
 
O artista estourou para a fama em uma velocidade absurda e precisou, assim, lidar com as consequências da exposição à fama. Recentemente, ele anunciou que tiraria um período sabático para cuidar da sua saúde, uma vez que se sentia bastante deprimido em meio à rotina desgastante em que vivia.
 
 

Duas contribuições bastante relevantes

 
Nesse momento, acho bastante justo mencionar 2 escolas de pensamentos que, com certeza, trarão bastantes contribuições para esta conversa: o Estoicismo e a Vipassana.
 
Esses dois segmentos podem ajudar bastante quando se está atravessando momentos difíceis na jornada. Depressão e fracassos são alguns exemplos deles.
 
 

Estoicismo

 

  • Escola que vem da Grécia e possui pensadores como Sêneca e Epiteto
  • Ajuda a focar apenas naquilo que podemos controlar

 

Ao focar em coisas que estão fora do seu controle, você apenas desperdiça a boa energia. Portanto, passe a focar naquilo sobre o que você poderá exercer poder de mudança. Assim, você estará em constante aprendizado.

 

A sua energia precisa estar de acordo com situações que podem ser influenciadas a partir do seu poder de decisão. No meu casamento, por exemplo, focamos em saber resolver a situação caso chovesse. Assim, ao invés de perder tempo e energia com aquilo que não poderíamos evitar (neste caso, a mudança climática), resolvemos pensar nos próximos passos caso tudo não saísse como havíamos planejado.

 

Vipassana

 

  • Técnica de mais de 1500 anos de existência, criada por Buda
  • Obtenha a verdadeira liberdade
  • Tudo na vida é impermanente
  • Desejo e repulsa são os 2 grandes motivos do sofrimento humano

 

Você deve entender que a sua felicidade precisa estar concentrada no presente, não no futuro. Por isso, esteja presente no hoje e não deposite as suas esperanças no amanhã.

 

É necessário entender que tanto as coisas boas quantos as ruins passarão, por isso, a vida é um estado impermanente das coisas (ANICCA). Ao desenvolver o músculo da resiliência, você estará muito mais apto para enfrentar as situações.

 
 

Outros caminhos importantes 

 
Além das duas correntes destacadas acima, podemos destacar outros meios pelos quais podemos evitar dores desnecessárias na vida:
 
  • Sempre ter clareza do seu porquê
  • Reforçar seus valores e agir alinhado com eles
  • Cultivar amizades verdadeiras e a base familiar
  • Sempre buscar se autoconhecer – forças, fraquezas
  • Cuidar das suas saúdes corpo, mente e alma
  • Cuidar da sua espiritualidade
  • Manter a humildade
  • Combater o ego e vaidade
  • Curtir o momento presente e a caminhada e não depositar apenas a felicidade quando eu…
  • Lembrar que é uma vida só e por mais longe que você tenha ido, você sempre pode dar a volta
 
O processo de autoconhecimento é uma das etapas mais importantes para a sua evolução pessoal. Busque, portanto, conhecer a si mesmo através do senso de propósito e da busca pelos motivos que fazem continuar.
 
 
Assim, quando o sucesso e a fama vierem não poderão abalar o seu verdadeiro super poder.
 
 
 

Conclusão

 

Então, é isso!
 
Espero que você tenha entendido a importância de entender quando o sucesso e a fama abalam o seu super poder. Assista ao vídeo para conferir maiores detalhes a respeito desse tema.
 
Não importa se você for uma pessoa de grande influência na internet, por exemplo, ou mesmo uma pessoa anônima… O que importa de verdade mesmo é buscar o equilíbrio dentro dos momentos críticos de dúvida e insegurança ao longo da jornada.
 
Abraçar o fracasso, tendo em mente a dimensão que ele terá para o seu crescimento, e desenvolvendo cada vez um senso de propósito, você será mais auto consciente na vida. 
 
 

Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no Telegram aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

Como mudar de vida: 10 passos para novas rotinas 🔑📈 🎯

Como mudar de vida: 10 passos para novas rotinas 🔑📈 🎯

Nesse artigo, vou compartilhar com você 10 passos importantes para novas rotinas que te permitirão alcançar objetivos de uma maneira mais sustentável.

 

Como criar uma nova rotina?

Você já teve alguma dificuldade de criar uma nova rotina em sua vida ou mudar algo de maneira sustentável? Eu já vivi vários desafios assim, imagino que você também tenha tido alguns.

Portanto, esse check-list envolve 10 passos bem simples que peguei do livro Coach Yourself: Make Real Changes in Your Life, do Anthony Grant.

Assim, sempre quando você iniciar uma mudança ou desenvolver um novo hábito, tente olhar se está passando por todos esses pontos.

Vamos conferir, portanto, 10 passos para novas rotinas na sua vida! 

1 – Inicie com passos pequenos

Não adianta você tentar atingir o seu objetivo final logo no início, ou seja, atropelar etapas. Isso você vai construir ao poucos, passando pela evolução de cada dia.

Portanto, entenda que é por meio de passos pequenos que você vai construindo a jornada para seu o objetivo acontecer da forma que você espera.

2 – Defina objetivos realistas e atingíveis

Se você ficar colocando metas impossíveis de serem atingidas, isso só vai te trazer frustração e, provavelmente, você vai abandonar no meio do caminho.

Dessa forma, é importante que seus objetivos sejam traçados de acordo com aquilo que você sabe que pode alcançar.

3 – Comece a estruturar

Estruture seu estilo de vida, sua vida, para atingir seu objetivo.

Por exemplo: você quer emagrecer, mas fica enchendo sua casa de chocolates, de biscoitos e um monte de besteira na geladeira. Isso não vai te ajudar em nada a atingir seu objetivo.

Então, adapte o seu contexto e os seus hábitos de forma que facilite e maximize as chances de você atingir seu objetivo.

4 – Acompanhe seu progresso

É muito importante você ter, visualmente, a percepção de que está evoluindo mais próximo do seu objetivo. Assim, você pode fazer isso de várias formas.

Pode ser pequenos controles, seja no computador, aplicativo no celular, etc. Você precisa ter clareza das métricas importantes e da frequência onde você vai acompanhar isso.

Por exemplo: no meu canal, eu desenvolvi uma tabela com as métricas mais relevantes para mim. Não muitas, mas algumas como número de processos, de inscritos, taxa de retenção dos meus vídeos, seguidores no Instagram, taxa de engajamento e assim por diante.

Dessa forma, eu vou conseguir medir se estou crescendo de acordo com um bom ritmo e o quão próximo estou dos meus objetivos.

5 – Observe as áreas que está com sucesso

Ter poder de observação é sempre uma qualidade importante para qualquer área da vida, principalmente para o empreendedorismo.

Assim, você será levado ao sexto ponto.

6 – Celebre os seus sucessos

Se você conseguir entrar naquela calça que estava apertada, relaxa um final de semana, vai comer uma sobremesa que você não come faz tempo, vai celebrar com os amigos tomando um vinho.

Enfim, não precisa ser radical.

Entenda quais são os momentos que você deve celebrar e como pode fazer isso sem perder a linha.

7- Foque nas conquistas

Não fique só olhando para os erros, mas, sim, foque naquilo que está vindo de positivo.

Os erros são importantes para que você aprenda. Mas, foque nas etapas que estão te levando cada vez mais longe e mais próximo do seu objetivo.

8 – Permita-se

Se permita errar sem criar uma catástrofe em torno disso.

A única certeza que você tem é que vão ter dificuldades em torno dessa mudança de hábitos, que haverá erros, mas como falei anteriormente: aprenda com eles e siga em frente.

O mundo não vai acabar se você mudar um pouquinho a trajetória do seu objetivo.

9 – Não siga sozinho

Conte com o apoio de amigos, familiares, pessoas que veem valor em seu objetivo e possam ser válvula de escape e te ajudar a seguir em frente, cada vez mais determinado com seu momento de vida.

Essas pessoas podem simplesmente estar lá para você ligar quando estiver em um momento difícil e te manterem em um nível alto de energia.

Ou, simplesmente, para você compartilhar as dificuldades.

Mas, é importante você ter esse grupo que confie para que no momento do perrengue tenha a quem recorrer.

E, na hora da celebração, claro, você precisa chamar toda essa galera junto. Não é só na hora do perrengue, não, ok?

10 – Visualize de forma intensa onde você quer chegar

Pense como você vai chegar e estar naquele momento, são várias formas de visualização que podem ser utilizadas.

Você pode desenhar, escrever uma carta para você no futuro, pensando em tudo que vai ser conquistado.

Ou, diariamente, pensar, de manhã, de noite ou no momento que for meditar, mas gastar cinco minutos visualizando como vai ser a sua vida quando você atingir esse objetivo.

 

Conclusão!

Então, é isso!

Espero, de verdade, que você tenha curtido esse artigo!

Essas são 10 etapas para te ajudar a mudar de forma sustentável e a criar uma nova rotina, assim, você poderá implementar muito mais acabativas do que iniciativas na sua vida. 

Ian Borges Lifestyle Strategist - 10 passos


Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no Telegram aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Você é indispensável? 7 passos para se tornar

Você é indispensável? 7 passos para se tornar

Neste artigo, eu vou te contar como se tornar um pessoa indispensável para a sua empresa e quais os benefícios disso.

.

.
.
.

Uma grande referência 

.

Eu acabei de ler o livro “Você é indispensável”, do Seth Godin, um dos maiores autores e referências em Marketing no mundo.

.

Dessa forma, achei esse conceito muito importante para qualquer pessoa que queira se destacar na carreira: seja numa empresa, seja empreendendo com seu projeto.

.
.

Mas, porque isso é importante?

.

A sociedade, nossa educação, o sistema vêm nos moldando para ser medianos, ser apenas uma engrenagem de uma grande máquina, substituíveis a qualquer sintoma de defeito…

.

No entanto, nós temos muito mais potencial do que ser uma peça substituível…

.

E é fundamental ter consciência desse nosso potencial para botar para fora, viver sua arte e se tornar o que Seth chama de “Elementos-chave”.

.

E seus principais benefícios são:

.

  • Maior satisfação e sentido no que faz
  • Mais abertura para expor sua genialidade
  • Mais confiança da liderança, colegas e equipe
  • Novos desafios e possibilidades de desenvolvimento profissional
  • Mais autoconfiança, maior reconhecimento e valorização
  • Maior capacidade de negociação (flexibilidade de horários, salário, projetos…)
  • Maior autonomia e responsabilidades
  • Ambiente de trabalho mais estável – menos risco de ser mandado embora ou substituído
.
.

Minha experiência pessoal 

.

Ao se tornar um elemento-chave, você passa a gerar tanto valor para sua empresa ou para o seu negócio que é impensável ser mandado embora ou substituído.

.

Tudo é possível, mas você se blinda muito mais sendo um elemento-chave.

.

Eu lembro que na minha carreira na L’Oréal, eu sempre busquei me tornar esse elemento-chave. E, pelo meu rápido crescimento sendo Diretor com 28 anos, acredito que estava indo na boa direção.

.

Então, eu vou te compartilhar aqui algumas características e ações que você pode fazer para se destacar e se tornar indispensável.

.
.

Então, como fazer?

.

Você deve se tornar indispensável para prosperar na nova economia.

.

A melhor maneira de fazer isso é ser notável, perspicaz, um líder. O pior caminho é se conformar e se tornar uma engrenagem da máquina.

.

O Seth fala muito sobre a questão de se tornar um artista, alguém que traz presentes consigo. Quanto mais pessoas você mudar e quanto mais profunda for a mudança, mais eficaz será sua arte.

.

E, a partir do momento em que você se dispõe a vender seu tempo por dinheiro apenas, você deixa de ser o artista que é capaz de ser.

.

A relação se torna apenas comercial… “aqui está o seu salário… agora estamos quites…”

.

Ou seja, não há nenhum vínculo, nenhuma conexão entre as partes mais duradoura.

.

Quanto mais fácil for quantificar seu trabalho, menor será seu valor e mais fácil será substitui-lo.

.

Se você der a seu chefe o presente da arte, o insight, a iniciativa ou a conexão, é menos provável que ele queira substituir o trabalho-mercadoria que você faz, pois o trabalho que você faz não é uma mercadoria.

.

7 características que ele aborda no livro:

.

1. Fornecer uma interface única entre os membros da empresa

.

Ser um líder servidor e um facilitador dentro da empresa e aprender a vender suas ideias.

.

2. Oferecer uma criatividade única.

.

Arriscar, pensar de maneira inovadora, desafiar o status quo e não ter medo da rejeição, expressar a sua genialidade criativa sem restrições.

.

3. Gerenciar uma situação ou empresa de grande complexidade.

.

Ver o mundo como ele é e focar naquilo que está sob seu controle. Não gastar, portanto, energia lamentando quando fatores externos fogem do seu controle.

.

4. Liderar os clientes.

.

Interagir, ouvir, surpreender e encantar os clientes e outros stakeholders relevantes para sua arte.

.

5. Inspirar a equipe.

.

As pessoas com quem você trabalha não mudarão se você não acreditar. A comunicação do entusiasmo, da conexão e da liderança começa com o presente que você dá, não com a manipulação que você tenta fazer.

.

O elemento-chave sabe que sozinho não é capaz de realizar nada de impactante, então, precisa desenvolver a inteligência emocional e colaborativa para trabalhar em equipe de maneira eficiente.

.

6. Proporcionar um conhecimento aprofundado da área.

.

Você não deve transitar nos níveis de superficialidade da sua arte. Mas, sim, mergulhar profundamente para se destacar naquilo que faz.

.

7. Possuir um talento único.

.

Você precisa ter um superpoder e saber aprensentá-lo. Do contrário, você é apenas outro aperto de mão.

.

Não é para se gabar ou querer aparecer, mas para se apresentar de forma significativa. Se eu não souber qual é seu superpoder, não saberei como pode me ajudar (ou como posso ajudá-lo).

.
.

Seu verdadeiro desafio 

.

Tendo isso em vista, talvez seu desafio não seja encontrar um projeto melhor ou um chefe melhor, mas descobrir o que significa estar apaixonado por algo.

.

Pessoas que têm paixão buscam maneiras de fazer com que as coisas aconteçam. A combinação de paixão e arte é o que transforma alguém num elemento-chave.

.

Fazer o que ama continua sendo muito importante! Mas, se quiser ganhar dinheiro com isso, é útil encontrar um nicho em que haja dinheiro fluindo como uma consequência normal do sucesso de sua ideia.

.

Amar o que faz é quase tão importante quanto fazer o que ama! Especialmente, se você precisar ganhar a vida com isso.

.

Procure um trabalho com o qual possa se comprometer, uma carreira ou um negócio pelo qual possa se apaixonar.

.

Talvez você não possa ganhar dinheiro fazendo o que ama (pelo menos o que ama agora). Mas, aposto que pode descobrir como amar o que faz para ganhar dinheiro (se escolher sabiamente).

.

E a única coisa que separa os grandes artistas dos medíocres é a capacidade de seguir em frente quando estão no fundo do poço.

.

Algumas pessoas decidem que sua arte é tão importante que devem superar a resistência enfrentada ao fazer seu trabalho. Essas pessoas se tornam elementos-chave.

.

É muito fácil ficar no meio-termo, tentar fazer as duas coisas, enquadrar-se as engrenagens e se sobressair.

.

“Melhor tentar ambas as coisas…” você pode pensar. É aí que está o fracasso!

.

Não há espaço para um meio-termo aqui: aqueles que competem com você estão se especializando.

.

Eles se dedicarão ao extremo a se adaptar ou sobressair. O ato de decidir é o ato de ter sucesso.

.
.

Conclusão

.

Então, é isso!

.

Minha intenção aqui foi convencê-lo a ser o artista que você já é. Fazer a diferença. Lutar por alguma coisa. Conseguir o respeito e a segurança que merece.

.

Espero que esse depoimento tenha te ajudado a compreender um pouco melhor essa linda experiência e te estimulado a participar desse curso.

.

Como reforcei no início, de forma alguma tenho o intuito de substituir a experiência, não confunda as coisas.

.

Isso daqui não representa nem 1% do que é a vivência lá… A sabedoria precisa ser vivida, lembra?

.

Então, se quiser participar, os links estão aqui na descrição para você acessar o site oficial e buscar mais informações de local e data. Há centros pelo mundo inteiro e aqui no brasil.

.

.


Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no Telegram aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Minimalismo e Vipassana | Tudo a ver! 🧘‍♂🍃

Minimalismo e Vipassana | Tudo a ver! 🧘‍♂🍃

Nesse artigo, eu vou te mostrar como o Curso de Meditação Vipassana e o Retiro de Silêncio de 10 Dias me ajudaram a desapegar e a adotar práticas ainda mais minimalistas no meu dia a dia.
.
.
.

Minha relação com o minimalismo

.
Apesar de ter adotado o minimalismo há uns 3 anos, eu percebi que essa jornada é de constante aprendizado.
.
Nesse sentido, uma das melhores experiências que vivi foi o retiro de meditação Vipassana. Ficar em silêncio durante 10 dias me mostrou que esse estilo de vida faz ainda mais sentido para a minha vida.
.
Abandonar minha carreira corporativa de Diretor na L’Oréal, por exemplo, não foi uma tarefa fácil. Mas, como meus objetivos estavam traçados, eu consegui ser consciente o bastante para tomar as melhores decisões no processo de transição.
.
Assim, eu passei a viajar o mundo como Nômade Digital, tocando meus projetos a partir do laptop…
.
Por isso, eu achava que por ter a maioria das minhas coisas em apenas uma mala, uma mochila e o restante num armário, eu era minimalista.
.
O curso de meditação Vipassana, no entanto, apareceu na minha vida. Dessa forma, hoje eu entendo mais profundamente a questão do desapego: ele está realmente no centro do minimalismo.
.
“Ame as pessoas. Use os objetos. O aposto nunca funciona”.
.
Eu fiz dessa mensagem o Norte das minhas intenções e, hoje, sinto com cada vez mais senso de propósito.
.
.

E porque isso é tão importante?

.
Segundo os ensinamentos Vipassana, há 2 grandes causadores da infelicidade e sofrimento no mundo: o apego e a aversão.
.
Ou seja, o apego aos prazeres, desejo de boas sensações…
.
E a aversão à dor, repulsa das más sensações…
.
Mas, como tudo na vida é impermanente (Anicca), não faz sentido nos apegarmos a algo bom ou ruim, já que necessariamente isso vai passar. Esse é o maior ensinamento que pude vivenciar durante esse curso.
.
Os 10 dias meditando cerca de 12h por dia me fizeram, assim, desconectar totalmente do mundo externo (sem celular, livros, escrita, exercícios…), assim, fiquei mais a vontade para me reconectar ao mundo interior.
.
Lá, eu pude sentir na pele, durante a meditação, a sabedoria de adotar uma atitude de observação e não de reação a esses estímulos
.
E esses estímulos tanto podem ser positivos quanto negativos.
.
Viver como um monge budista, respeitando as Leis do Dahmma e os 8 caminhos de Buda me permitiram sensações que nunca havia experimentado na vida.
.
Quando sentia muita dor na perna ou nas costas, por exemplo, não mexia, pois sabia que ela iria passar.
.
Quando tinha sensações prazerosas na pele, também não me apegava, porém, a elas, pois sabia que iam passar.
.
E sempre no final do dia havia uma palestra de cerca de 1h do Goenka em áudio. Ele é o fundador dos mais de 200 centros Vipassana espalhados por 100 países que trazia luz sobre esses conceitos.
.
No dia seguinte, recomeçávamos a prática às 4h30 da manhã até às 21h com algumas breves pausas para alimentação e repouso.
.
Uma das melhores coisas foi começar a lidar melhor com pequenos acontecimentos do dia a dia
.
Assim, quando, por exemplo, minhas expectativas de que no almoço haveria macarrão com queijo ralado eram frustradas, eu não ficava decepcionado, mesmo que não tivesse.
.
Sendo assim, eu sabia que se apegar à ideia do queijo ralado no almoço iria gerar uma grande frustração caso não acontecesse. Afinal, tudo é impermanente e o queijo não ficaria ali para sempre, né?
.
.

Mas, como fazer isso?

.
Então, esse pequeno aprendizado me ajudou entender na prática que, para viver o minimalismo de forma verdadeira e não apenas de forma superficial, eu deveria praticar o desapego real.
.
Ou seja, eu entendi que o minimalismo é mais do que apenas alguns hacks aqui ou ali para ter menos coisas. 
.
Para alcançar o desapego real, eu entendi a necessidade de perceber que tudo é passageiro. Dessa fora, você entende não faz sentido se apegar a algo que irá passar.
.
Seja um objeto, um emprego, um projeto, uma casa, uma experiência, até um relacionamento… Tudo vai passar: Anicca!!!!
.
E não quer dizer que você não deverá aproveitar aquele momento… Pelo contrário, você deve, sim, viver o mais intensamente possível, pois felicidade não é para ser economizada.
.
Mas, atenção: não crie expectativas de que aquilo durará para sempre. Expectativas podem ser facilmente frustradas, afinal, tudo irá passar!
.
Por outro lado, tenha o mesmo pensamento com as coisas ruins… Não se preocupe tanto quando alguma bomba estourar… Ela também vai passar!
.
Então, agora quando, por exemplo, quebro um óculos, deixo um drone cair na água, perco dinheiro… Eu lido de uma maneira muito mais saudável, pois sei que tudo isso é impermanente.
.
Sucesso no trabalho, perrengue de grana, viagens pelo mundo, medo de fazer algo, tudo irá passar, então fica mais fácil me desapegar.
.
Estou longe de virar Buda, mas esse simples ensinamento me ajudou a viver de maneira muito mais plena, minimalista e feliz.
.
.

Conclusão

.
Então é isso, pessoal!
.
Espero que você tenha captado a importância de umas das melhores experiências que tive na vida.
.
A ideia aqui foi, portanto, mostrar a relevância de retiros de meditação como o Vipassana. Períodos de silêncio são muito importantes para quem deseja se reconectar com o próprio interior.
.
Saiba, dessa forma, que o minimalismo pode fazer ainda mais sentido na sua vida.
.
Você só precisa se permitir mais a esse belíssimo estilo de vida!
.
Milionário sem milhões - Ian Borges - Minimalismo e Vipassana

.


Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no WhatsApp aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Ritual noturno para desconectar do trabalho 🌚💤

Ritual noturno para desconectar do trabalho 🌚💤

Nesse artigo, eu vou mostrar para você como desconectar do trabalho à noite através de um poderoso ritual noturno que irá garantir mais tempo de qualidade tanto no sono quanto com a sua familia, com amigos e consigo mesmo!
.
.
.

Ritual Noturno

.
Tenho certeza de que você já perdeu a conta de quantas vezes foi dormir com sua cabeça a mil…
.
300 coisas ou mais tomando conta da sua cabeça justamente na hora de descansar de tudo do trabalho
.
Por isso, é quase impossível se desligar para uma boa noite de sono.
.
Pois bem, isto é extremamente comum! Eu mesmo já passei muito por isso, sendo assim, pretendo te ajudar a desenvolver um ritual noturno mais saudável…
.
Dessa forma, você irá conseguir se desconectar do trabalho e dormir feito um bebê!
.
Vamos juntos nessa?
.
.

Vamos entender no detalhe!

.
Com o tal do smartphone, nós estamos conectados 100% do tempo.
.
Infelizmente, isso significa também que, pela facilidade de conectar a tudo, acabamos levando muito trabalho para casa.
.
É, portanto, cada vez mais difícil delimitar os limites para descanso ou desconexão com o trabalho. E isso é ainda pior quando você trabalha de casa.
.
Mas, saiba que isso é um grande risco!
.
Nós estamos com cada vez mais dificuldade para desconectar, o que também dificulta a transição para uma noite tranquila de sono.
.
O fato é que apesar de chegarmos em casa, nós continuamos no celular…
.
Sentamos à mesa para jantar com o celular em mãos…
.
Entramos no banheiro com o aparelho em mãos…
.
Conversamos com as pessoas dando mais atenção ao celular do que a elas mesmas…
.
Para você ter noção do nível a que chegamos, uma pesquisa revela que, no Reino Unido, 62% das mulheres e 48% dos homens interrompem o sexo para verificar o celular.
.
Chocante, ?
.
.

Qual a importância disso?

.

Segundo o livro Trabalho Focado (Deep Work: Rules for Focused Success in a Distracted World), nós precisamos descansar nosso cérebro para manter nosso nível de foco e produtividade lá no alto!

Quando trabalhamos      demais, ou não desconectamos em nenhum momento, temos a ilusão de que estamos produzindo, mas, na verdade, ficamos apenas ocupados.

.
CLIQUE AQUI e veja esse vídeo em que eu falo sobre a diferença entre ser produtivo e ocupado.
.
Além disso, você precisa ter uma vida mais equilibrada com os outros pilares da sua vida…
.
Ou seja, é necessário ter mais tempo de qualidade com sua família, companheira, amigos, investir de forma mais adequada na sua vida social, nos seus hobbies, etc.
.
Eu, por exemplo, posso me colocar nessa questão!
.
Muitas são as vezes que eu me pego trabalhando até mais tarde e deixando de ter um final de dia mais qualitativo com meditação, leituras, tempo de qualidade com a Taíssa, assistir um filme, sair para comer fora…
.
Assim, criar um ritual noturno de desligamento do trabalho tem sido fundamental para manter essa qualidade de vida e transição para a última parte do dia e uma boa noite de sono.
.
Então, deixa eu compartilhar algumas técnicas para te ajudar nesse processo.
.
.

Mas, como fazer isso?

.
.

Primeira técnica: não assuma compromisso de trabalho a partir de determinada hora

.

Essa técnica é importante!

.

Tudo que você faz seguindo um cronograma, algo pré-definido em uma agenda, por exemplo, tende a ser mais organizado, tornando ainda mais possível a possibilidade de dar certo.

.

Neste caso, marque na sua agenda a hora limite que você irá se envolver com coisas do trabalho.

.

Não importa se é às 18h, 19h ou 20h!

.

O que importa aqui é que, após esse horário, nada de checar e-mails, grupos de WhatsApp do trabalho, tentar finalizar uma apresentação… Nada disso!

.
.

Segunda técnica: Estabeleça um ritual de desligamento das tarefas do trabalho e remarque os objetivos, tarefas ou projetos incompletos 

.
Nem sempre será possível finalizar uma atividade que está em andamento. Diante disso, tenha consciência de que não será possível terminar uma determinada tarefa e estabeleça um plano de conclusão.
.
Dessa forma, você poderá determinar ainda uma data para retomar aquele projeto inacabado.
.
Então, sempre reserve cerca de 30 minutos para planejar essa parte e redistribuir as tarefas para os próximos dias.
.
Isso te aliviará do sentimento de deixar algo importante em aberto sem clareza dos próximos passos.
.
.

Terceira técnica: Ao concluir o dia, diga uma frase que simbolize o seu desligamento.

.
O autor do livro fala algo como: “Desligamento concluído”.
.
Apesar de parecer meio bizarro, essa é uma forma bem poderosa de dizer para sua mente de que é seguro não pensar mais em trabalho a partir daquele momento.
.
Esse pode e deve ser um parâmetro para você medir aqueles períodos em que já não está mais conectado com coisas do trabalho.
.
.

Quarta técnica: Evite, ao máximo, o uso do celular

.
Se quiser ser ainda mais radical, deixe o celular numa gaveta ou longe de você.
.
Assim, você terá muito mais chances de ficar presente, oferecendo e ganhando tempo de qualidade no local.
.
.

Quinta técnica: Use um despertador de pilha

.
Por segurança, eu recomendo que você coloque o celular em outro ambiente.
.
Dessa forma, mesmo que ele precise ficar carregando, estará longe de você, minimizando as chances daquela olhadela antes de dormir ou logo quando acorda de manhã.
.
.

Sexta técnica: Atente-se mais à sua alimentação

.

Alimentação é sempre um aspecto importante. Aqui, não é diferente!

.

Antes de dormir, retire do seu Ritual Noturno comidas pesadas, que podem interferir diretamente na digestão e, consequentemente, na qualidade do seu sono.

.

Por isso, opte por coisas como sopas, saladas… Evite coisas como álcool, comidas gordurosas ou muito açucaradas.

.
.

Sétima técnica: Foque em atividades mais relaxantes antes de dormir

.
Inclua, no seu Ritual Noturno, atividade relaxantes, que vão proporcionar um descanso ao seu corpo.
.
Por isso, opte por coisas como:

.

  • Banho quente
  • Meditação
  • Exercícios de respiração
  • Leitura

.

Isso será essencial para tirar toda tensão do seu corpo, o que interfere diretamente na qualidade do sono durante a noite.

.
.

“Mas, Ian, eu rendo melhor à noite, como devo fazer?”

.

Ser uma pessoa noturna não tem nenhum problema, o problema está em dormir pouco.

.

Por isso, não deixe de dormir por pelo menos 7 horas por dia, pois, assim, manterá um bom nível de energia para a produtividade.

.
.

“Como eu faço se trabalho com outros países em timezones noturnos para mim?”

.

Adapte de acordo com a sua rotina.

.

Somente tendo consciência da distribuição do seu dia, você saberá como dividi-lo bem para saber quando é hora de trabalhar e quando é hora de fazer outras coisas.

.
.

“Mas, Ian, não deu tempo de finalizar a apresentação urgente para o dia seguinte. Como faço?”

.

Trate isso de forma excepcional. Ou seja, não torne esse tipo de comportamento um hábito.

.

Trazer trabalho para casa vai descontrolar o seu horário e, assim, você não conseguirá cumprir o seu ritual noturno de forma adequada.

 

Portanto, tenha bastante cuidado.

.
.

Conclusão

.

Então, é isso!

.

Espero que essas técnicas te ajudem a estabelecer um belo Ritual Noturno.

.

Dessa forma, você poderá desconectar do trabalho e ter uma noite de sono com bastante qualidade.

Milionário sem milhões - Ian Borges - Ritual Noturno

.

Para você que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda não conheça o meu canal no Youtube, inscreva-se lá, pois eu compartilho vídeos semanais sobre Reinvenção de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E lá no Instagram, eu compartilho Hacks diários pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, além de todas as nossas viagens aí pelo mundo! Só dar um follow aqui! 😉
  • Se quiser conhecer histórias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas técnicas, práticas e comportamentos, dá uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (disponível no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se você quiser receber gratuitamente novos vídeos, entrevistas, dicas, práticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Própria Vida, entre no meu grupo de transmissão no WhatsApp aqui! Fique à vontade para convidar amigos! 😉
  • E, por último, aqui você conhecerá todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinvenção de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!