fbpx
Minimalismo e Vipassana | Tudo a ver! ūüßė‚Äć‚ôāūüćÉ

Minimalismo e Vipassana | Tudo a ver! ūüßė‚Äć‚ôāūüćÉ

Nesse artigo, eu vou te mostrar como o Curso de Meditação Vipassana e o Retiro de Silêncio de 10 Dias me ajudaram a desapegar e a adotar práticas ainda mais minimalistas no meu dia a dia.
.
.
.

Minha relação com o minimalismo

.
Apesar de ter adotado o minimalismo há uns 3 anos, eu percebi que essa jornada é de constante aprendizado.
.
Nesse sentido, uma das melhores experiências que vivi foi o retiro de meditação Vipassana. Ficar em silêncio durante 10 dias me mostrou que esse estilo de vida faz ainda mais sentido para a minha vida.
.
Abandonar minha carreira corporativa de Diretor na L‚ÄôOr√©al, por exemplo, n√£o foi uma tarefa f√°cil. Mas, como meus objetivos estavam tra√ßados, eu consegui ser consciente o bastante para tomar as melhores decis√Ķes no processo de transi√ß√£o.
.
Assim, eu passei a viajar o mundo como N√īmade Digital, tocando meus projetos a partir do laptop‚Ķ
.
Por isso, eu achava que por ter a maioria das minhas coisas em apenas uma mala, uma mochila e o restante num arm√°rio, eu era minimalista.
.
O curso de meditação Vipassana, no entanto, apareceu na minha vida. Dessa forma, hoje eu entendo mais profundamente a questão do desapego: ele está realmente no centro do minimalismo.
.
‚ÄúAme as pessoas. Use os objetos. O aposto nunca funciona‚ÄĚ.
.
Eu fiz dessa mensagem o Norte das minhas inten√ß√Ķes e, hoje, sinto com cada vez mais senso de prop√≥sito.
.
.

E porque isso é tão importante?

.
Segundo os ensinamentos Vipassana, h√° 2 grandes causadores da infelicidade e sofrimento no mundo: o apego e a avers√£o.
.
Ou seja, o apego aos prazeres, desejo de boas sensa√ß√Ķes‚Ķ
.
E a avers√£o √† dor, repulsa das m√°s sensa√ß√Ķes‚Ķ
.
Mas, como tudo na vida é impermanente (Anicca), não faz sentido nos apegarmos a algo bom ou ruim, já que necessariamente isso vai passar. Esse é o maior ensinamento que pude vivenciar durante esse curso.
.
Os 10 dias meditando cerca de 12h por dia me fizeram, assim, desconectar totalmente do mundo externo (sem celular, livros, escrita, exercícios…), assim, fiquei mais a vontade para me reconectar ao mundo interior.
.
Lá, eu pude sentir na pele, durante a meditação, a sabedoria de adotar uma atitude de observação e não de reação a esses estímulos
.
E esses estímulos tanto podem ser positivos quanto negativos.
.
Viver como um monge budista, respeitando as Leis do Dahmma e os 8 caminhos de Buda me permitiram sensa√ß√Ķes que nunca havia experimentado na vida.
.
Quando sentia muita dor na perna ou nas costas, por exemplo, n√£o mexia, pois sabia que ela iria passar.
.
Quando tinha sensa√ß√Ķes prazerosas na pele, tamb√©m n√£o me apegava, por√©m, a elas, pois sabia que iam passar.
.
E sempre no final do dia havia uma palestra de cerca de 1h do Goenka em áudio. Ele é o fundador dos mais de 200 centros Vipassana espalhados por 100 países que trazia luz sobre esses conceitos.
.
No dia seguinte, recomeçávamos a prática às 4h30 da manhã até às 21h com algumas breves pausas para alimentação e repouso.
.
Uma das melhores coisas foi começar a lidar melhor com pequenos acontecimentos do dia a dia…
.
Assim, quando, por exemplo, minhas expectativas de que no almoço haveria macarrão com queijo ralado eram frustradas, eu não ficava decepcionado, mesmo que não tivesse.
.
Sendo assim, eu sabia que se apegar à ideia do queijo ralado no almoço iria gerar uma grande frustração caso não acontecesse. Afinal, tudo é impermanente e o queijo não ficaria ali para sempre, né?
.
.

Mas, como fazer isso?

.
Ent√£o, esse pequeno aprendizado me ajudou entender na pr√°tica que, para viver o minimalismo de forma verdadeira e n√£o apenas de forma superficial, eu deveria praticar o desapego real.
.
Ou seja, eu entendi que o minimalismo √© mais do que apenas alguns hacks aqui ou ali para ter menos coisas. 
.
Para alcançar o desapego real, eu entendi a necessidade de perceber que tudo é passageiro. Dessa fora, você entende não faz sentido se apegar a algo que irá passar.
.
Seja um objeto, um emprego, um projeto, uma casa, uma experiência, até um relacionamento… Tudo vai passar: Anicca!!!!
.
E não quer dizer que você não deverá aproveitar aquele momento… Pelo contrário, você deve, sim, viver o mais intensamente possível, pois felicidade não é para ser economizada.
.
Mas, atenção: não crie expectativas de que aquilo durará para sempre. Expectativas podem ser facilmente frustradas, afinal, tudo irá passar!
.
Por outro lado, tenha o mesmo pensamento com as coisas ruins… Não se preocupe tanto quando alguma bomba estourar… Ela também vai passar!
.
Então, agora quando, por exemplo, quebro um óculos, deixo um drone cair na água, perco dinheiro… Eu lido de uma maneira muito mais saudável, pois sei que tudo isso é impermanente.
.
Sucesso no trabalho, perrengue de grana, viagens pelo mundo, medo de fazer algo, tudo ir√° passar, ent√£o fica mais f√°cil me desapegar.
.
Estou longe de virar Buda, mas esse simples ensinamento me ajudou a viver de maneira muito mais plena, minimalista e feliz.
.
.

Conclus√£o

.
Então é isso, pessoal!
.
Espero que voc√™ tenha captado a import√Ęncia de umas das melhores experi√™ncias que tive na vida.
.
A ideia aqui foi, portanto, mostrar a relev√Ęncia de retiros de medita√ß√£o como o Vipassana. Per√≠odos de sil√™ncio s√£o muito importantes para quem deseja se reconectar com o pr√≥prio interior.
.
Saiba, dessa forma, que o minimalismo pode fazer ainda mais sentido na sua vida.
.
Você só precisa se permitir mais a esse belíssimo estilo de vida!
.
MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - Minimalismo e Vipassana

.


Para voc√™ que quer dar um passo a mais…

  • Caso ainda n√£o conhe√ßa o meu canal no Youtube, inscreva-se l√°, pois eu compartilho v√≠deos semanais sobre Reinven√ß√£o de Carreira com mais Qualidade de Vida.
  • E l√° no Instagram, eu compartilho Hacks di√°rios pelo Stories e LIVEs semanais para vc viver uma vida mais plena, al√©m de todas as nossas viagens a√≠ pelo mundo! S√≥ dar um follow aqui! ūüėČ
  • Se quiser conhecer hist√≥rias de pessoas que vem reinventando suas carreiras com sucesso e se inspirar com suas t√©cnicas, pr√°ticas e comportamentos, d√° uma olhada no meu Podcast Lifehacker Talks (dispon√≠vel no iTunes, Google Podcast, Spotify e Stitcher)
  • E se voc√™ quiser receber gratuitamente novos v√≠deos, entrevistas, dicas, pr√°ticas, ferramentas e novidades para te ajudar a se tornar o CEO da Sua Pr√≥pria Vida, entre no meu grupo de transmiss√£o no WhatsApp aqui! Fique √† vontade para convidar amigos! ūüėČ
  • E, por √ļltimo, aqui voc√™ conhecer√° todos os formatos que trabalho hoje para te ajudar com sua reinven√ß√£o de carreira. Desde cursos online, mentoria em grupo a processos individuais e palestras. Confira os detalhes aqui!

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Como passar um r√©veillon de milion√°rio com apenas R$ 1.500 ūüćĺūüéÜ

Como passar um r√©veillon de milion√°rio com apenas R$ 1.500 ūüćĺūüéÜ

Nesse artigo, eu vou compartilhar com você como foi passar um réveillon de milionário com apenas R$ 1.500,00 na conta.
.
.
.

Mas, de que que eu estou falando? 

.
.
Foi em Saco do Mamangu√°, em Paraty, que eu vivi um dos r√©veillons mais incr√≠veis dos √ļltimos anos.
.
Nada como viajar com uma galera boa e conhecer novas pessoas, não é mesmo?
.
Velejar por essa regi√£o m√°gica me proporcionou isso no final de 2018.
.
Mas, aí você deve estar pensando que fazer tudo isso é coisa de milionário! Ou que deve ter custado uma fortuna!
.
E pasme: a resposta é NÃO!
.
5 dias em uma vela, bebendo e comendo…¬† Isso custou bem menos do que ir para B√ļzios ou Maresias
.
Voc√™ acredita em mim?¬†Pois √©… Deveria!
.
Mas, fica tranquilo, porque eu vou te explicar melhor isso!
.
.

E porque isso é tão importante?

.
.
Infelizmente, nós temos várias crenças de que somente um milionário pode fazer certas coisas…
.
Eu nunca vou poder viver essa experi√™ncia…¬†Eu n√£o mere√ßo isso…¬†Eu nunca vou ter essa grana‚Ķ
.
E, na maioria das vezes, essas s√£o cren√ßas limitantes da nossa educa√ß√£o, da inf√Ęncia…
.
Dessa forma, acabamos na mesmice, deixando de tentar uma nova oportunidade que talvez alavanque o nosso negócio, por exemplo.
.
Às vezes, arriscar mais garante mudanças simples, mas muito significativas, por exemplo, para a nossa vida pessoal.
.
E nas nossas conversas habituais aqui e no canal, eu venho falando do conceito de viver melhor do que um milion√°rio, sem precisar ter os milh√Ķes na conta…
.
Mas, hoje, eu gostaria de dar um exemplo concreto que aconteceu comigo e com a Taíssa.
.
.

Eu, a Taíssa e o Final de Ano!

.
.
Ent√£o, no final de 2018, eu e a Ta√≠ssa est√°vamos sem muitos planos…
.
Contávamos com um grupo de amigos para uma viagem, uma festa, mas já sentíamos que nosso fim seria vendo o Show da Virada na Globo.
.
Em novembro, porém, uns amigos haviam comentado que alugariam um veleiro para passar 5 dias no mar, com dormida no barco e tudo.
.
De cara, piramos com a ideia, mas n√£o confirmamos presen√ßa, pois ainda consider√°vamos viajar para fora…
.
Depois de um tempo, próximo à data, eu entrei em contato com eles para saber se ainda era possível ir…
.
A resposta foi que só precisávamos buscar mais um casal para dividir um outro barco e todo mundo ir junto.
.
Mas, a quest√£o era que n√£o havia mais barcos dispon√≠veis…
.
Dessa forma, esses nossos amigos nos acolheram na sala mesmo… O outro casal tamb√©m veio junto.
.
Apesar de apertar um pouco, como Cora√ß√£o de M√£e, sempre dava pra encaixar mais um por ali…
.
.

E quanto isso tudo custou?

.
.
Est√°vamos amarrad√Ķes com a ideia e nem pensamos muito quanto custaria‚Ķ Mas, ficamos de cara quando ouvimos o pre√ßo!
.
O aluguel do barco e demais custos para 5 dias:
.
  • R$ 835,00 por pessoa pelo aluguel
  • R$ 835,00 + custos com comida, bebida e o diesel
  • Valor total: entorno de R$1.500,00 por pessoa.

.

Ou seja, gastamos menos do que em uma festa no Rio, S√£o Paulo ou Floripa, por exemplo…

Al√©m disso, ter√≠amos gastado mais em uma viajem simples com passagem a√©rea, hospedagem e tudo o mais…

Pagamos esse valor para rodar uma das regi√Ķes mais lindas do Brasil… Vimos belezas que se igualam facilmente a Filipinas ou Vietnam.

E, como se n√£o bastasse, nossos amigos eram velejadores experientes… Assim, aprendemos com essas pessoas incr√≠veis coisas b√°sicas do velejo, como‚Ķ
.
  • Hist√≥rias,
  • Arribar,
  • Cambar,
  • Dar Jaibe,
  • Ca√ßar os cabos,
  • Subir a genoa,
  • Ver o mar encarneirar‚Ķ
.
Al√©m disso…
.
  • Subimos o pico do P√£o de A√ß√ļcar (uma das vistas mais lindas da minha vida!)
  • Tomamos banho de cachoeira
  • Fizemos trilhas
  • Pescamos o almo√ßo
  • Assistimos ao show dos fogos
  • Presenciamos pedidos de casamentos superom√Ęnticos‚Ķ
.
.

Presença VIP do minimalismo

.
.
Aprendemos, assim, a viver de forma ainda mais minimalista e sustent√°vel!
.
De verdade, est√°vamos com poucas roupas, comida contada, lixo seletivo, economia de √°gua, banho de √°gua salgada (2 tanques para 6 pessoas)
.
Por sinal, aprendemos uma técnica mágica para o banho:
.
  • Voc√™ se ensoboa todo
  • Cai no mar para tirar o excesso
  • Por fim, volta para tomar banho e tirar o que restou.¬†
.
Lembra muito o ‘estilo de vida motorhome’ que adoramos: trabalho em equipe, cada um cozinhando, limpando o barco, lavando a lou√ßa,¬†economizando √°gua, etc…
.
Certamente, com a contribuição de todos, tudo funcionará bem melhor!
.
.

Novas amizades 

.
.
E o melhor de tudo: fizemos novos amigos!
.
Nós velejamos e passamos o ano novo na companhia de nada mais, nada menos que:
.
  • Torben Grael, o maior medalhista ol√≠mpico brasileiro de todos os tempos e o g√™nio no esporte;
  • Martine Grael, sua filha, que tamb√©m ganhou medalha de ouro, com a Kahena, prima dessa nossa amiga Gabi, que tamb√©m √© pentacampe√£ Brasileira.

.

Durante esses dias, conhecemos pessoas incr√≠veis, ouvimos hist√≥rias do mundo do velejo, velejamos na escuna mais antiga do Brasil…
.
E a comunidade de amantes do velejo √© muito top…¬†A galera troca de barco, se visita, veleja bebendo belas bebidas coloridas‚Ķ
.
.
MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - r√©veillon de milion√°rio
.
.

Minha realidade X Realidade de um Milionário 

.
.
Apesar da maior parte dessa galera ser milionária, entenda que você não precisa ser um para viver experiências parecidas.
.
Essa galera gasta uma grana com…
.
  • Manuten√ß√£o
  • Seguro
  • Tripula√ß√£o
  • Taxas

.

E, embora n√£o tiv√©ssemos o mesmo dinheiro que eles, soubemos aproveitar bem a oportunidade no momento certo e vivemos experi√™ncias t√£o bacanas quanto…

.
Mesmo sendo um completo analfabeto nesse mundo, posso afirmar, porém, que foi muito foda todo esse lifestyle!
.
Minhas melhores experiências foram:
.
  • Conhecer e aprender com pessoas incr√≠veis e cheias de experi√™ncias e viv√™ncias;
  • Velejar todo dia de manh√£
  • Ver p√īres de sol √ļnico, com visuais dos sonhos
  • Pirar com o c√©u de noite
  • Ver estrelas cadentes e fazer belos pedidos,
  • Passar por regi√Ķes naturais bel√≠ssimas e saber que est√°vamos no nosso pr√≥prio pa√≠s.

.

MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - r√©veillon de milion√°rio
.

Mas, Ian, eu n√£o tenho um amigo que veleja…

.
Não tem problema, você pode alugar um barco com um skipper.
.
Você pode encontrar essa espécie de marinheiro que pode velejar para ti por cerca de R$ 300,00 a diária.
.

Mas, n√£o √© todo mundo que conhece um Torben Grael da vida…

.
Devo dizer que voc√™ tem raz√£o! Mas…
.
Apesar de ter sido uma honra encontrar essa galera, nada muda na experiência em si!
.
Ou seja, a oportunidade pintou e soubemos aproveit√°-la da forma correta…
.
E é exatamente disso que estou falando: saiba aproveitar o momento para criar as melhores experiências da sua vida ao lado de quem você ama!
.

E se chover e nego come√ßar a passar mal…?

.
Imprevistos s√£o uma coisa que voc√™ precisa aprender a lidar em todas as √°reas da sua vida… E no lazer, n√£o √© diferente.
.
Assim, voc√™ nunca poder√° controlar tudo ao seu redor…
.
Então, simplesmente relaxa e vai na fé, pois sempre haverá um solzinho para você curtir.
.
Ah! E caso você passar muito mal, de repente, vale a pena avaliar se esse é o melhor estilo de viajem para você.
.

Ian, eu não tenho 1.500,00 reais… Isso já é uma fortuna para mim!

.
E eu entendo!
.
Fique à vontade, portanto, para fazer um réveillon ao seu jeito…
.
A minha inten√ß√£o aqui n√£o foi outra sen√£o te mostrar uma op√ß√£o de lazer muito boa onde, de repente, voc√™ ir√° gastar menos do que em uma festa…
.
Por isso, tentei mostrar a você que tudo na vida é questão de oportunidade e caso você a tenha, não desperdice.
.
Sei que nem sempre Рou quase nunca Рrola de acontecer algo assim, mas é disso que estou tratando aqui: uma hora vai rolar, então, essa é a sua chance de aproveitar da melhor forma possível.
.
Talvez n√£o seja nem em um velejo, mas com certeza poder√° aparecer uma √≥tima op√ß√£o por um pre√ßo que voc√™ n√£o ir√° acreditar…
.
Os gostos das pessoas variam muito, por isso, saiba considerar no detalhe aquilo que vai te deixar feliz!
.
.

Conclus√£o

.
.
Então, é isso!
.
Espero que essa experi√™ncia de fim de ano tenha te mostrado que √© poss√≠vel viver melhor que um milion√°rio sem necessariamente ter milh√Ķes na conta…
.
Dessa forma, você pode curtir os maiores prazeres da vida, valorizando aquilo que realmente importa que são: novas amizades, relacionamentos, reconectar com a natureza e estar próximo de que você ama.
.
Mas, tenha em mente que nem sempre você precisa de uma fortuna para isso, muitas vezes basta fazer as melhores escolhas e desprender algum dinheiro para isso!
.
Fique, portanto, com o nosso exemplo de um réveillon de milionário com apenas R$ 1.500,00.
.
MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - r√©veillon de milion√°rio
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • D√° uma olhada no meu¬†canal aqui no YouTube¬†onde compartilho v√≠deos semanais sobre essas estrat√©gias.
  • Siga-me no Instagram¬†onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks di√°rios no Stories para viver melhor que um milion√°rio.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tamb√©m ofere√ßo uma¬†sess√£o experimental aqui¬†(mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu pr√≥prio crescimento).

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Minimalismo nos relacionamentos ūü§Ě |  Exerc√≠cio 80/20

Minimalismo nos relacionamentos ūü§Ě | Exerc√≠cio 80/20

Nesse artigo, eu vou compartilhar com você um importante exercício minimalista para te ajudar a focar nos relacionamentos positivos e que geram muito mais valor para a sua vida.
.
.
.
.

Livro “O princ√≠pio 80/20”

.
.

Vamos entender melhor o que diz Richard Koch

.
Esse exercício muito foda, eu adaptei do livro O princípio 80/20 do Richard Koch.     
.
Adianto que ele me ajudou a entender que n√£o estava dedicando tempo suficiente com as pessoas mais importantes na minha vida.
.
  • Amigos da vida adulta;
  • Amigos da inf√Ęncia
  • Familiares;
  • Companheiro;
  • Companheira;
  • Colegas de trabalho.
.
Isso, porque esse livrasso aborda no detalhe a Lei de Pareto do 80/20, ou seja, 80% dos nossos resultados vem dos 20% dos nossos esforços.
.
.

.

Mas, por que isso é importante?

.
Porque nossas amizades e relacionamentos profissionais são o coração da nossa vida.
.
Dessa forma, existe nas entrelinhas desses relacionamentos um desafio entre quantidade e qualidade…
.
E isso, infelizmente, não nos ajuda a focar no que é, de fato, importante.
.
Por isso, eu conecto com o minimalismo, que é uma filosofia de vida que preza por focar no essencial, com mais consciência e intenção daquilo que você traz para sua vida.
.
E isso seja relacionado a bens materiais ou a relacionamentos, que √© o √Ęngulo que estou abordando aqui!
.

Para te ajudar mais no entedimento desse conceito, vou deixar um v√≠deo aqui que fiz falando sobre¬†O QUE √Č MINIMALISMO e os BENEF√ćCIOS para sua vida!

.
.
.

Como você encara os seus relacionamentos?

.
Quantas vezes você já se pegou negligenciando ou não cuidando com muita atenção daquelas pessoas mais importantes, pois simplesmente se sente seguro que vão continuar sempre acessíveis?
.
E, aqui, estou falando de pais, companheira ou companheiro, melhores amigos…
.
Pessoas essas que acabamos praticamente deixando de lado para gastar energia com pessoas não tão próximas e que não geram tanto valor na nossa vida.
.
.

Mas, vamos entender no detalhe como que essa lógica funciona?.

.
  • 80% do valor dos nossos relacionamentos resulta de 20% deles;
  • Muito desse valor √© proveniente dos¬†amigos mais pr√≥ximos que formamos nos primeiros anos de vida
  • Nos dedicamos muito menos de 80% da nossa aten√ß√£o para cuidar desses 20% de relacionamentos que nos trazem 80% de valor.

.

MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos
.
.
.

Agora vamos ao exercício!

.
Dê uma pequena pausa aqui, pegue um papel e uma caneta e vamos ver como ficam seus resultados.
Ou sen√£o, abre essa planilha aqui que eu preparei para facilitar a sua vida: LINK PARA A PLANILHA.
.
A ideia é criar um gráfico com os 20 melhores relacionamentos pessoais.
.
.
.

1 РComece indicando, de forma decrescente, as 20 pessoais mais importantes em termos de valor na sua vida (amigos e pessoas amadas…)

.
E ¬†“importante” aqui representa o grau de proximidade, profundidade e o quanto esse relacionamento gera de valor na sua vida.
.
.
.

2 – Agora distribua 100 pontos pelas 20 pessoas considerando o grau de import√Ęncia delas.

.
Por exemplo:
.
Se a primeira pessoa é tão importante quanto as outras 19 somadas, você dará 50 pontos para ela..
.
Em seguida, distribuir√° o restante por essas 19.
.
√Č prov√°vel que voc√™ tenha que rever essa distribui√ß√£o algumas vezes at√© chegar ao 100.
.
Se quiser, d√° um pausa nesse v√≠deo e fa√ßa a distribui√ß√£o…
.
Não sei como ficará sua lista, mas um padrão que se repete é que as 4 primeiras pessoas da lista (20% do total) somarão a maior parte dos pontos (talvez 80%).
.
E deverá haver uma constante de relação entre cada numero atribuído e o seguinte.
.
Por exemplo:
.
  • A pessoa n√ļmero 2 pode ter 2/3 ou a metade de pontos do n√ļmero 1;
  • A pessoa n√ļmero 3, mesma coisa em rela√ß√£o √† n√ļmero 2.
.
E assim por diante…
.
.
.

3 РAgora complete o exercício anotando ao lado do nome da pessoa a quantidade de tempo que você ativamente se dedica a ela, seja conversando ou fazendo uma atividade em conjunto num mês.

.
Faça uma estimativa por alto… Não é ciência exata aqui.
.
.
.

4 РEm seguida, transforme a quantidade de tempo total em 100 unidades e  distribua novamente na lista

.
Por exemplo:
.
Se o total de horas for 300 horas…
.
Numa bela regra de 3, cada unidade das 100 equivaler√° a 3h, correto?
.
Assim, se a pessoa n√ļmero 10 tiver 6h de dedica√ß√£o, voc√™ indicar√° 2 unidades:
.
6h/3h = 2 unidades.
.
Normalmente, você perceberá que passa muito menos do que 80% do seu tempo com aquelas 20% de pessoas que te geram 80% de valor.
.
.
.

Conclus√£o

.
Então, fez sentido para você?
.
O objetivo desse exercício é simples:
.
  • Optar pela qualidade em vez da quantidade.

.

Dessa forma, você precisa investir em seu tempo e energia emocional para consolidar e aprofundar seus relacionamentos mais importantes.

Por outro lado, é importante deixar para trás aqueles relacionamentos tóxicos ou irrelevantes na sua vida!

MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos

.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • D√° uma olhada no meu¬†canal aqui no Youtube¬†onde compartilho v√≠deos semanais sobre essas estrat√©gias.
  • Siga-me no Instagram¬†onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks di√°rios no Stories para viver melhor que um milion√°rio.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tamb√©m ofere√ßo uma¬†sess√£o experimental aqui¬†(mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu pr√≥prio crescimento).

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Minimalismo | Desafio de 30 dias de desapego ūüĎčūüĎčūüĎč

Minimalismo | Desafio de 30 dias de desapego ūüĎčūüĎčūüĎč

Nesse artigo, eu vou compartilhar com você o desafio minimalista dos 30 dias de desapego. Então, vamos juntos nessa?
.
.
.

Mas, o que é minimalismo?

.
H√° alguns anos eu venho adotando o minimalismo na minha vida.
.
Para você que não conhece esse conhecimento, ele nada mais é do que uma filosofia pra te ajudar a viver de maneira mais intencional e simples, focando no essencial e eliminando os excessos de coisas…
.
E eu venho estudando técnicas para eu torná-lo ainda mais presente no meu dia a dia.
.
Esse desafio foi uma das melhores formas para desenvolver um h√°bito de eliminar coisas desnecess√°rias, mas tamb√©m a preparar o mindset de se desfazer dessas mesmas coisas…
.
.
.

Mas, porque isso é tão importante?

.
Nós vivemos numa sociedade de excessos e desperdícios onde compramos constantemente coisas que não precisamos, com o dinheiro que não temos, para agradar pessoas que nao gostamos.
.
H√° algo de muito errado nessa din√Ęmica.
.
.

Minha história dentro do minimalismo 

.
Eu lembro da época que eu fui para Orlando e demos aquele pulinho no outlet para renovar o armário…
.
O problema √© que eu j√° tinha roupa suficiente e n√£o precisava de nada novo…
.
Mas, por ter muitas promo√ß√Ķes e pre√ßos irresist√≠veis, era “normal” comprar roupas de forma descontrolada‚Ķ
.
Eu nunca me perguntava o porqu√™ de estar comprando aquilo ou “para que?”.
.
E, acumulando roupas e roupas que n√£o utilizava durante meses e, √†s vezes, anos, o meu arm√°rio ficava abarrotado de coisas in√ļteis.
.
Imagino que você ja tenha vivido coisas parecidas.
.
Então, você está sentindo que esse tipo de atitude não é saudável e quer começar a mudar, esse desafio poderá ser um belo começo.
.
E se tiver um pouco mais de interesse no assunto, veja esse artigo onde eu falo sobre o Bazar da Alegria, um conceito que desenvolvi para te ajudar nessa jornada minimalista.
.
.
.

Mas, como ele funciona?

.
Há vários formatos… Vamos começar pela versão light.
.
Durante 30 dias seguidos, você irá se desfazer de um item por dia das suas posses.
.
Pode ser uma pe√ßa de roupa, um acess√≥rio, um objeto de decora√ß√£o, um¬†livro ou mesmo¬†uma coisinha in√ļtil que voc√™ guarda na gaveta e nem sabia que estava ali… Enfim, voc√™ poder√° escolher.
.
Algumas perguntas que podem te ajudar:
.
  • Qual a raz√£o de existir desse objeto na minha vida?
  • H√° quanto tempo esse item n√£o gera valor na minha vida?
  • Ser√° que algu√©m pode se beneficiar dele mais do que eu atualmente?
.
N√£o tenho d√ļvida que ser√° muito f√°cil para ti‚Ķ
.
E, para ajudar, voc√™ pode…
.
Convidar um amigo para fazer o mesmo ou somente para você compartilhar como está sendo a experiência.
.
Dessa forma, o desafio será muito mais divertido e terá um nível de comprometimento maior ainda. 
.
Agora se você sentir que ainda há MUITA coisa desnecessária na sua vida, segue aqui a versão hardcore do desafio:
.
Durante 30 dias, você irá se desafazer de itens na seguinte proporção:
.
Dia 1 – 1 item
Dia 2 – 2 itens
Dia 3 – 3 itens
.
.
Dia 21 – 21 itens
.
.
Dia 27 – 27 itens
.
Dia 30 – 30 itens
.
No total, serão 465 coisa eliminadas se você seguir direitinho.
.
Um pouco mais desafiador que 30 itens, né?
.
Se voc√™ conseguir seguir em frente com esse desafio, n√£o tenho d√ļvida de que sentir√° sua vida muito mais leve e voc√™ estar√° muito mais consciente do que voc√™ permite entrar e ficar na sua vida!
.
Você aprenderá a ter mais foco na qualidade do que na quantidade.
.
Mas, Ian, um dia eu acabei não me desfazendo de nada…
.
Sem problemas!
.
Vai la e acumula para o dia seguinte. Só nao tente acumular muitos dias, pois, dessa forma, você perde a chance de desenvolver um hábito.
.
Mas Ian, eu devo simplesmente jogar no lixo?
.
N√£o necessariamente!
.
Se forem objetos sem valor, tudo bem!
.
Mas, se forem roupas, livros e outros itens que possam gerar valor para o outro, se programe para doar para quem precisa.
.
Mas, eu amo os meus livros… Não consigo me imaginar abrindo mão deles.
.
Eu também amo livros e, por isso, fiz o seguinte:
.
H√° um tempo mudei para o Kindle.
.
Ele me permite guardar milhares de livros num s√≥ aparelho‚Ķ Dessa forma, eu mantive apenas aqueles livros que eu continuamente reviso e olho as anota√ß√Ķes. O restante, eu me desfiz de tudo.
.
Já havia anos que eu não tocava em 95% dos meus livros, então, é muito egoísmo querer mantê-los comigo.
.
E se um dia quiser ler novamente, eu compro, então, no Kindle por poucos reais…
.
Veja esse vídeo onde eu falo sobre as vantagens de ter um Kindle. 
.
Mas, nas √ļltimas semanas eu n√£o tenho mais nada que eu me sinta √† vontade de me desfazer, preciso abrir¬†m√£o mesmo sofrendo com essa decis√£o assim?
.
√ďbvio que n√£o!!!!!
.
O objetivo é que você se desfaça daquilo que não tem valor ou razão de existir na sua vida.
.
Se for o contr√°rio, mantenha sem arrependimento algum!
.
E, se chegar na √ļltima semana e n√£o houver mais itens, tudo bem! Foi √≥timo, pois voc√™ j√° conseguiu se desfazer de bastante coisa in√ļtil nao?
.
Sinta-se à vontade para adaptar o desafio para 15 ou 21 dias se ficar muito difícil…
..
.

Conclusão 

.
Então é isso, pessoal!
.
Espero que você tenha curtido esse desafio minimalista! 
.
Não se martirize ou sofra com o desafio, pelo contrário, ele deve ser divertido e que você sinta que está contribuindo para sua própria vida e a de outros.
.
Eu tenho certeza que ele poderá gerar muito valor para ti, principalmente trazendo mais consciência, intenção e leveza para sua vida!
.
MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - Desapego
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • D√° uma olhada no meu¬†canal aqui no Youtube¬†onde compartilho v√≠deos semanais sobre essas estrat√©gias.
  • Siga-me no Instagram¬†onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks di√°rios no Stories para viver melhor que um milion√°rio.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tamb√©m ofere√ßo uma¬†sess√£o experimental aqui¬†(mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu pr√≥prio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

O que s√£o miniaposentadorias e como viv√™-las na sua vida? ūüĆī‚ėÄÔłŹ

O que s√£o miniaposentadorias e como viv√™-las na sua vida? ūüĆī‚ėÄÔłŹ

Nesse artigo, eu vou te explicar o que s√£o as miniaposentadorias e como pode trazer esse conceito para a sua vida! O conceito das miniaposentadorias √© popularizado e discutido pelo Tim Ferris no seu livro “Trabalhe 4 horas por Semana”, dessa forma, voc√™ poder√° entender como voc√™ pode vivenci√°-las de forma pr√°tica.

.
.
.

Import√Ęncia das miniaposentadorias¬†

.
Atualmente, vemos que a maioria da população ainda tem uma ideia retrógrada de trabalhar 40-50 anos da vida para acumular dinheiro e se aposentar aos 60-70 e, portanto, curtir a vida…
.
Isso, no entanto, não tem lógica nenhuma.
.
Nessa fase da vida, voc√™ n√£o ter√° mais sa√ļde para aproveitar a vida como quando tinha 20-40.
.
Além disso, você não terá dinheiro suficiente, pois o que sobrará para você lá na frente é pouco caso dependa dos programas de previdência e aposentadoria do governo.
.
Ent√£o, o que eu vou propor aqui √© uma solu√ß√£o muito mais s√°bia para voc√™ aproveitar a vida o quanto antes, com energia, sa√ļde e disposi√ß√£o para viver experi√™ncias √ļnicas e n√£o economizar felicidade para um futuro incerto.
.
miniaposentadorias
.

 

Meu próprio caso

.
Eu j√° tive essa mentalidade de acumular, acumular e acumular para o futuro ou tentar atingir o meu primeiro milh√£o antes dos 30.
.
No entanto, foi aos poucos que passei a entender que não fazia sentido apenas acumular para o futuro, pois ele é incerto e, a qualquer momento, eu posso partir para a próxima!
.
E a quest√£o do primeiro milh√£o √©, tamb√©m, uma ilus√£o, pois quando voc√™ busca metas somente pela meta em si, quando voc√™ chega l√°, vai querer acumular 10 milh√Ķes, depois, 100 milh√Ķes e nunca ficar√° satisfeito, afinal.
.
Ent√£o, resolvi viver o presente intensamente e trazer o conceito das miniaposentadorias para minha vida.
.
Mas, afinal, o que é isso e como que eu faço?
.

 

O que s√£o miniaposentadorias?

.
Bom, as miniaposentadorias são períodos de descanso e aventuras em bases regulares, que você vai intercalando ao longo da vida, em função do seu trabalho e interesses pessoais.
.
Geralmente, elas s√£o mais longas, durando cerca de 6 meses.
.
Mas, você também pode adaptar para períodos mais curtos, dependendo, portanto, dos seus projetos…
.
E podem ser momentos de desconexão total do trabalho ou até mesmo não.
.
Pois cada vez mais o conceito de trabalho e prazer não precisam ser opostos, então você pode apenas reduzir o ritmo para liberar mais tempo para outros prazeres, hobbies ou simplesmente descansar.
.

 

Como você deve agir!

.
Eu, por exemplo, tenho optado atualmente por fazer um conceito mais próximo das miniférias, que é parecido, mas são períodos mais curtos de 1 a 2 semanas.
.
Pois com uma das minhas empresas, eu tenho viajado constantemente para pa√≠ses como Jap√£o, India, √Āfrica do Sul, Holanda e passo per√≠odos de 1 a 3 meses nesses locais.
.
E, após semanas intensas de trabalho, a Taíssa e eu sempre buscamos um país novo ou pico incrível pela região para descansar e curtir mais o local.
.
Mas Ian, para voc√™, que √© n√īmade, fica f√°cil? E eu que s√≥ tenho 30 dias de f√©rias?
.
Uma opção é, aos poucos, tentar negociar uma maior flexibilidade com o seu chefe para adotar o trabalho remoto e conseguir essa independência geográfica.
.
Eu ainda vou falar mais sobre essas técnicas no meu canal, mas já pode ter um gostinho aqui nesse video sobre como negociar 1 dia de home office com seu chefe.
.
E a outra op√ß√£o √© ir dando os passos necess√°rios para alcan√ßar essa liberdade, estruturando um projeto em paralelo que te permita viajar dessa forma…
.
Seja com um negócio online, ou através de rendas passivas, ou dando uma porrada que te permita acumular grana suficiente para ficar alguns meses sem trabalhar…
.
H√° v√°rias op√ß√Ķes para isso.
.
O que não surtirá efeito algum é ficar de mi-mi-mi reclamando da vida o tempo todo sem agir!
.

 

Conclus√£o

.
Então, fez sentido para você?
.
Esse conceito √© muito poderoso e cabe a voc√™ come√ßar a traz√™-lo para a sua vida afim de focar no √ļnico momento que importa, que √© o agora.
.
Para de economizar felicidade e experi√™ncias √ļnicas para o futuro. Foque na sua liberdade agora!
.
E você não precisa de muito para viver essas experiências, ainda mais em picos como o sudeste asiático ou leste europeu, onde com cerca de USD 1000 por mes, você pode viver uma vida de rei!
.
Ou seja, um milion√°rio sem milh√Ķes! ūüėČ
.
MilionaŐĀrio sem milhoŐÉes - Ian Borges - e-mails
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • D√° uma olhada no meu¬†canal aqui no Youtube¬†onde compartilho videos semanais sobre essas estrat√©gias.
  • Siga-me no Instagram¬†onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks di√°rios no Stories para viver melhor que um milion√°rio.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tb ofere√ßo uma¬†sess√£o experimental aqui¬†(mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu pr√≥prio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

5 passos para largar o seu emprego sem medo ūüíľūüĎĒ

5 passos para largar o seu emprego sem medo ūüíľūüĎĒ

Nesse artigo, eu vou te ensinar como se planejar e fazer economias para uma transição de carreira com mais segurança e paz de espírito. Assim, através de alguns passos importantes, você entenderá a necessidade de juntar dinheiro para essa transição, seja para tocar um projeto pessoal e empreender, seja para fazer um sabático ou mesmo buscar uma outra empresa mais conectada com seus valores e estilo de vida.
.
.
.

A import√Ęncia das iniciativas¬†

.

Mas, sabe porque isso é tão importante? Muitas pessoas passam a vida com medo de tomar iniciativas de mudanças e dão espaço para todas aquelas vozinhas:

.

  • Mas, se n√£o der certo?
  • O que os outros v√£o pensar?
  • E como vou fazer para pagar as contas?
  • Por quanto tempo…

.

Esse tipo de atitude é, no final das contas, um grande autossabotador na sua vida.
.
Dessa forma, você precisa trabalhar os seus medos para desenvolver o seu mindset e se planejar para minimizar os riscos e fazer essa transição com mais segurança.
.
.

Deixando tudo pra tr√°s…

.
Pegando o meu próprio exemplo, eu era Diretor na L’Oréal e resolvi largar tudo para empreender e reinventar o meu estilo de vida com mais sentido, liberdade e qualidade.
.
Dessa forma, eu teria muito mais flexibilidade para viajar pelo mundo com minha esposa, tocando os meus projetos a partir do computador.
.
Mas, óbvio que eu estava todo cagado antes de dar esse salto de fé!
.
E foram 5 passos¬†principais que me ajudaram…
.
.

5 passos, 5 iniciativas 

.

.

1 – Primeiro passo

.
Antes de abandonar tudo, tenha bastante clareza de qual o seu porquê, ou seja, por qual motivo você está fazendo esse movimento.
.
Sem essa clareza, é muito fácil abandonar o barco nas primeiras dificuldades e, certamente, elas existirão.
.
E faça essa reflexão em paralelo ao seu trabalho atual para não bicar tudo de um dia para o outro e se ver perdido sem emprego, dinheiro nem direção.
.
.

2 – Segundo passo

.
Planeje essa transição com um foco nas finanças e expectativas de data.
.
E, aqui, h√° algumas etapas importantes:
.
  • Voc√™ precisa mapear o seu custo de vida hoje e saber para onde est√° indo seu dinheiro
  • Depois voc√™ precisa identificar todas as √°reas que voc√™ pode eliminar ou reduzir gastos pensando em como tornar seu estilo de vida mais simples e minimalista:
    • Eliminar compras desnecess√°rias por impulso;
    • Substituir jantares caros por reuni√Ķes em casa;
    • Fazer conta para ver se vale a pena manter o carro pagando presta√ß√Ķes, gasolina, seguro ou se vale andar de Uber e bike;
  • E, fazendo essa¬†otimiza√ß√£o nas suas finan√ßas, entender qual √© o m√≠nimo de grana que voc√™ precisa para sobreviver com sua expectativa de conforto, sem excessos desnecess√°rios.
.
.

3 – Terceiro passo

.
Uma vez que voc√™ tenha esse valor em mente, voc√™ precisa determinar quanto tempo voc√™ se sentiria confort√°vel para ter um back-up caso n√£o entrasse 1 real nesse seu novo momento na carreira, seja empreendendo, fazendo um ano sab√°tico…
.
.

4 – Quarto passo

.
Multiplique esse período pelo valor mínimo que você estimou e tenha uma ideia da reserva necessária para fazer uma transição o mais sustentável possível.
.
Fórmula => R$ 6k x 12 meses = R$ 72k

.

.

5 – Quinto passo

.
Defina a estratégia para juntar essa grana.
.
Talvez, voc√™ j√° tenha economias acumuladas, ou vai juntar parte disso mensalmente por certo per√≠odo e contar com o b√īnus e d√©cimo terceiro sal√°rio para completar.
.
Talvez, você tenha que vender um bem como seu carro, de repente, negociar com sua empresa um plano de demissão onde você possa recuperar o INSS.
.
Enfim, cada um deve definir a sua estratégia e ter disciplina para seguir com o plano.
.
“Mas Ian, eu n√£o¬†tenho nada‚Ķ Nem economia, nem bem para vender, nem b√īnus‚Ķ”
.
Nesse caso, você terá que se organizar ainda melhor.
.
Por exemplo, abrir mão de mais coisas no seu dia a dia, ter um estilo de vida ainda mais minimalista e se planejar por mais tempo para fazer uma transição dessa.
.
Ou, simplesmente, diminuir a sua expectativa de segurança e se lançar nesse novo ciclo com mais riscos.
.
Meu amigo Italo Ventura compartilhou sua história de transição de empresário para hoje um dos maiores coaches de relacionamento do Brasil e ele disse que não havia plano B.
.
CLIQUE AQUI para conferir detalhes da entrevista do Italo.
.
Isso o ajudou a ter ainda mais foco para fazer dar certo de qualquer jeito!
.
E também acho que é uma forma bem poderosa para dar um salto de fé desse.
.
.

Conclus√£o

.
Então, é isso!
.
Espero que esses 5 passos tenham feito sentido para ti e que possam te ajudar a se planejar melhor para um movimento t√£o importante como esse em sua carreira, afim de buscar um estilo de vida com mais sentido, liberdade e qualidade.
.
5 passos para largar o seu emprego sem medo .

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • D√° uma olhada no meu¬†canal aqui no Youtube¬†onde compartilho videos semanais sobre essas estrat√©gias.
  • Siga-me no Instagram¬†onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks di√°rios no Stories para viver melhor que um milion√°rio.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tb ofere√ßo uma¬†sess√£o experimental aqui¬†(mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu pr√≥prio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!