fbpx
Minimalismo nos relacionamentos 🤝 |  Exercício 80/20

Minimalismo nos relacionamentos 🤝 | Exercício 80/20

Nesse artigo, eu vou compartilhar com você um importante exercício minimalista para te ajudar a focar nos relacionamentos positivos e que geram muito mais valor para a sua vida.
.
.
.
.

Livro “O princípio 80/20”

.
.

Vamos entender melhor o que diz Richard Koch

.
Esse exercício muito foda, eu adaptei do livro O princípio 80/20 do Richard Koch.     
.
Adianto que ele me ajudou a entender que não estava dedicando tempo suficiente com as pessoas mais importantes na minha vida.
.
  • Amigos da vida adulta;
  • Amigos da infância
  • Familiares;
  • Companheiro;
  • Companheira;
  • Colegas de trabalho.
.
Isso, porque esse livrasso aborda no detalhe a Lei de Pareto do 80/20, ou seja, 80% dos nossos resultados vem dos 20% dos nossos esforços.
.
.

.

Mas, por que isso é importante?

.
Porque nossas amizades e relacionamentos profissionais são o coração da nossa vida.
.
Dessa forma, existe nas entrelinhas desses relacionamentos um desafio entre quantidade e qualidade…
.
E isso, infelizmente, não nos ajuda a focar no que é, de fato, importante.
.
Por isso, eu conecto com o minimalismo, que é uma filosofia de vida que preza por focar no essencial, com mais consciência e intenção daquilo que você traz para sua vida.
.
E isso seja relacionado a bens materiais ou a relacionamentos, que é o ângulo que estou abordando aqui!
.

Para te ajudar mais no entedimento desse conceito, vou deixar um vídeo aqui que fiz falando sobre O QUE É MINIMALISMO e os BENEFÍCIOS para sua vida!

.
.
.

Como você encara os seus relacionamentos?

.
Quantas vezes você já se pegou negligenciando ou não cuidando com muita atenção daquelas pessoas mais importantes, pois simplesmente se sente seguro que vão continuar sempre acessíveis?
.
E, aqui, estou falando de pais, companheira ou companheiro, melhores amigos…
.
Pessoas essas que acabamos praticamente deixando de lado para gastar energia com pessoas não tão próximas e que não geram tanto valor na nossa vida.
.
.

Mas, vamos entender no detalhe como que essa lógica funciona?.

.
  • 80% do valor dos nossos relacionamentos resulta de 20% deles;
  • Muito desse valor é proveniente dos amigos mais próximos que formamos nos primeiros anos de vida
  • Nos dedicamos muito menos de 80% da nossa atenção para cuidar desses 20% de relacionamentos que nos trazem 80% de valor.

.

Milionário sem milhões - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos
.
.
.

Agora vamos ao exercício!

.
Dê uma pequena pausa aqui, pegue um papel e uma caneta e vamos ver como ficam seus resultados.
Ou senão, abre essa planilha aqui que eu preparei para facilitar a sua vida: LINK PARA A PLANILHA.
.
A ideia é criar um gráfico com os 20 melhores relacionamentos pessoais.
.
.
.

1 – Comece indicando, de forma decrescente, as 20 pessoais mais importantes em termos de valor na sua vida (amigos e pessoas amadas…)

.
E  “importante” aqui representa o grau de proximidade, profundidade e o quanto esse relacionamento gera de valor na sua vida.
.
.
.

2 – Agora distribua 100 pontos pelas 20 pessoas considerando o grau de importância delas.

.
Por exemplo:
.
Se a primeira pessoa é tão importante quanto as outras 19 somadas, você dará 50 pontos para ela..
.
Em seguida, distribuirá o restante por essas 19.
.
É provável que você tenha que rever essa distribuição algumas vezes até chegar ao 100.
.
Se quiser, dá um pausa nesse vídeo e faça a distribuição…
.
Não sei como ficará sua lista, mas um padrão que se repete é que as 4 primeiras pessoas da lista (20% do total) somarão a maior parte dos pontos (talvez 80%).
.
E deverá haver uma constante de relação entre cada numero atribuído e o seguinte.
.
Por exemplo:
.
  • A pessoa número 2 pode ter 2/3 ou a metade de pontos do número 1;
  • A pessoa número 3, mesma coisa em relação à número 2.
.
E assim por diante…
.
.
.

3 – Agora complete o exercício anotando ao lado do nome da pessoa a quantidade de tempo que você ativamente se dedica a ela, seja conversando ou fazendo uma atividade em conjunto num mês.

.
Faça uma estimativa por alto… Não é ciência exata aqui.
.
.
.

4 – Em seguida, transforme a quantidade de tempo total em 100 unidades e  distribua novamente na lista

.
Por exemplo:
.
Se o total de horas for 300 horas…
.
Numa bela regra de 3, cada unidade das 100 equivalerá a 3h, correto?
.
Assim, se a pessoa número 10 tiver 6h de dedicação, você indicará 2 unidades:
.
6h/3h = 2 unidades.
.
Normalmente, você perceberá que passa muito menos do que 80% do seu tempo com aquelas 20% de pessoas que te geram 80% de valor.
.
.
.

Conclusão

.
Então, fez sentido para você?
.
O objetivo desse exercício é simples:
.
  • Optar pela qualidade em vez da quantidade.

.

Dessa forma, você precisa investir em seu tempo e energia emocional para consolidar e aprofundar seus relacionamentos mais importantes.

Por outro lado, é importante deixar para trás aqueles relacionamentos tóxicos ou irrelevantes na sua vida!

Milionário sem milhões - Ian Borges - minimalismo nos relacionamentos

.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho vídeos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu também ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

.


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Minimalismo | Desafio de 30 dias de desapego 👋👋👋

Minimalismo | Desafio de 30 dias de desapego 👋👋👋

Nesse artigo, eu vou compartilhar com você o desafio minimalista dos 30 dias de desapego. Então, vamos juntos nessa?
.
.
.

Mas, o que é minimalismo?

.
Há alguns anos eu venho adotando o minimalismo na minha vida.
.
Para você que não conhece esse conhecimento, ele nada mais é do que uma filosofia pra te ajudar a viver de maneira mais intencional e simples, focando no essencial e eliminando os excessos de coisas…
.
E eu venho estudando técnicas para eu torná-lo ainda mais presente no meu dia a dia.
.
Esse desafio foi uma das melhores formas para desenvolver um hábito de eliminar coisas desnecessárias, mas também a preparar o mindset de se desfazer dessas mesmas coisas…
.
.
.

Mas, porque isso é tão importante?

.
Nós vivemos numa sociedade de excessos e desperdícios onde compramos constantemente coisas que não precisamos, com o dinheiro que não temos, para agradar pessoas que nao gostamos.
.
Há algo de muito errado nessa dinâmica.
.
.

Minha história dentro do minimalismo 

.
Eu lembro da época que eu fui para Orlando e demos aquele pulinho no outlet para renovar o armário…
.
O problema é que eu já tinha roupa suficiente e não precisava de nada novo…
.
Mas, por ter muitas promoções e preços irresistíveis, era “normal” comprar roupas de forma descontrolada…
.
Eu nunca me perguntava o porquê de estar comprando aquilo ou “para que?”.
.
E, acumulando roupas e roupas que não utilizava durante meses e, às vezes, anos, o meu armário ficava abarrotado de coisas inúteis.
.
Imagino que você ja tenha vivido coisas parecidas.
.
Então, você está sentindo que esse tipo de atitude não é saudável e quer começar a mudar, esse desafio poderá ser um belo começo.
.
E se tiver um pouco mais de interesse no assunto, veja esse artigo onde eu falo sobre o Bazar da Alegria, um conceito que desenvolvi para te ajudar nessa jornada minimalista.
.
.
.

Mas, como ele funciona?

.
Há vários formatos… Vamos começar pela versão light.
.
Durante 30 dias seguidos, você irá se desfazer de um item por dia das suas posses.
.
Pode ser uma peça de roupa, um acessório, um objeto de decoração, um livro ou mesmo uma coisinha inútil que você guarda na gaveta e nem sabia que estava ali… Enfim, você poderá escolher.
.
Algumas perguntas que podem te ajudar:
.
  • Qual a razão de existir desse objeto na minha vida?
  • Há quanto tempo esse item não gera valor na minha vida?
  • Será que alguém pode se beneficiar dele mais do que eu atualmente?
.
Não tenho dúvida que será muito fácil para ti…
.
E, para ajudar, você pode…
.
Convidar um amigo para fazer o mesmo ou somente para você compartilhar como está sendo a experiência.
.
Dessa forma, o desafio será muito mais divertido e terá um nível de comprometimento maior ainda. 
.
Agora se você sentir que ainda há MUITA coisa desnecessária na sua vida, segue aqui a versão hardcore do desafio:
.
Durante 30 dias, você irá se desafazer de itens na seguinte proporção:
.
Dia 1 – 1 item
Dia 2 – 2 itens
Dia 3 – 3 itens
.
.
Dia 21 – 21 itens
.
.
Dia 27 – 27 itens
.
Dia 30 – 30 itens
.
No total, serão 465 coisa eliminadas se você seguir direitinho.
.
Um pouco mais desafiador que 30 itens, né?
.
Se você conseguir seguir em frente com esse desafio, não tenho dúvida de que sentirá sua vida muito mais leve e você estará muito mais consciente do que você permite entrar e ficar na sua vida!
.
Você aprenderá a ter mais foco na qualidade do que na quantidade.
.
Mas, Ian, um dia eu acabei não me desfazendo de nada…
.
Sem problemas!
.
Vai la e acumula para o dia seguinte. Só nao tente acumular muitos dias, pois, dessa forma, você perde a chance de desenvolver um hábito.
.
Mas Ian, eu devo simplesmente jogar no lixo?
.
Não necessariamente!
.
Se forem objetos sem valor, tudo bem!
.
Mas, se forem roupas, livros e outros itens que possam gerar valor para o outro, se programe para doar para quem precisa.
.
Mas, eu amo os meus livros… Não consigo me imaginar abrindo mão deles.
.
Eu também amo livros e, por isso, fiz o seguinte:
.
Há um tempo mudei para o Kindle.
.
Ele me permite guardar milhares de livros num só aparelho… Dessa forma, eu mantive apenas aqueles livros que eu continuamente reviso e olho as anotações. O restante, eu me desfiz de tudo.
.
Já havia anos que eu não tocava em 95% dos meus livros, então, é muito egoísmo querer mantê-los comigo.
.
E se um dia quiser ler novamente, eu compro, então, no Kindle por poucos reais…
.
Veja esse vídeo onde eu falo sobre as vantagens de ter um Kindle. 
.
Mas, nas últimas semanas eu não tenho mais nada que eu me sinta à vontade de me desfazer, preciso abrir mão mesmo sofrendo com essa decisão assim?
.
Óbvio que não!!!!!
.
O objetivo é que você se desfaça daquilo que não tem valor ou razão de existir na sua vida.
.
Se for o contrário, mantenha sem arrependimento algum!
.
E, se chegar na última semana e não houver mais itens, tudo bem! Foi ótimo, pois você já conseguiu se desfazer de bastante coisa inútil nao?
.
Sinta-se à vontade para adaptar o desafio para 15 ou 21 dias se ficar muito difícil…
..
.

Conclusão 

.
Então é isso, pessoal!
.
Espero que você tenha curtido esse desafio minimalista! 
.
Não se martirize ou sofra com o desafio, pelo contrário, ele deve ser divertido e que você sinta que está contribuindo para sua própria vida e a de outros.
.
Eu tenho certeza que ele poderá gerar muito valor para ti, principalmente trazendo mais consciência, intenção e leveza para sua vida!
.
Milionário sem milhões - Ian Borges - Desapego
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho vídeos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu também ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

O que são miniaposentadorias e como vivê-las na sua vida? 🌴☀️

O que são miniaposentadorias e como vivê-las na sua vida? 🌴☀️

Nesse artigo, eu vou te explicar o que são as miniaposentadorias e como pode trazer esse conceito para a sua vida! O conceito das miniaposentadorias é popularizado e discutido pelo Tim Ferris no seu livro “Trabalhe 4 horas por Semana”, dessa forma, você poderá entender como você pode vivenciá-las de forma prática.

.
.
.

Importância das miniaposentadorias 

.
Atualmente, vemos que a maioria da população ainda tem uma ideia retrógrada de trabalhar 40-50 anos da vida para acumular dinheiro e se aposentar aos 60-70 e, portanto, curtir a vida…
.
Isso, no entanto, não tem lógica nenhuma.
.
Nessa fase da vida, você não terá mais saúde para aproveitar a vida como quando tinha 20-40.
.
Além disso, você não terá dinheiro suficiente, pois o que sobrará para você lá na frente é pouco caso dependa dos programas de previdência e aposentadoria do governo.
.
Então, o que eu vou propor aqui é uma solução muito mais sábia para você aproveitar a vida o quanto antes, com energia, saúde e disposição para viver experiências únicas e não economizar felicidade para um futuro incerto.
.
miniaposentadorias
.

 

Meu próprio caso

.
Eu já tive essa mentalidade de acumular, acumular e acumular para o futuro ou tentar atingir o meu primeiro milhão antes dos 30.
.
No entanto, foi aos poucos que passei a entender que não fazia sentido apenas acumular para o futuro, pois ele é incerto e, a qualquer momento, eu posso partir para a próxima!
.
E a questão do primeiro milhão é, também, uma ilusão, pois quando você busca metas somente pela meta em si, quando você chega lá, vai querer acumular 10 milhões, depois, 100 milhões e nunca ficará satisfeito, afinal.
.
Então, resolvi viver o presente intensamente e trazer o conceito das miniaposentadorias para minha vida.
.
Mas, afinal, o que é isso e como que eu faço?
.

 

O que são miniaposentadorias?

.
Bom, as miniaposentadorias são períodos de descanso e aventuras em bases regulares, que você vai intercalando ao longo da vida, em função do seu trabalho e interesses pessoais.
.
Geralmente, elas são mais longas, durando cerca de 6 meses.
.
Mas, você também pode adaptar para períodos mais curtos, dependendo, portanto, dos seus projetos…
.
E podem ser momentos de desconexão total do trabalho ou até mesmo não.
.
Pois cada vez mais o conceito de trabalho e prazer não precisam ser opostos, então você pode apenas reduzir o ritmo para liberar mais tempo para outros prazeres, hobbies ou simplesmente descansar.
.

 

Como você deve agir!

.
Eu, por exemplo, tenho optado atualmente por fazer um conceito mais próximo das miniférias, que é parecido, mas são períodos mais curtos de 1 a 2 semanas.
.
Pois com uma das minhas empresas, eu tenho viajado constantemente para países como Japão, India, África do Sul, Holanda e passo períodos de 1 a 3 meses nesses locais.
.
E, após semanas intensas de trabalho, a Taíssa e eu sempre buscamos um país novo ou pico incrível pela região para descansar e curtir mais o local.
.
Mas Ian, para você, que é nômade, fica fácil? E eu que só tenho 30 dias de férias?
.
Uma opção é, aos poucos, tentar negociar uma maior flexibilidade com o seu chefe para adotar o trabalho remoto e conseguir essa independência geográfica.
.
Eu ainda vou falar mais sobre essas técnicas no meu canal, mas já pode ter um gostinho aqui nesse video sobre como negociar 1 dia de home office com seu chefe.
.
E a outra opção é ir dando os passos necessários para alcançar essa liberdade, estruturando um projeto em paralelo que te permita viajar dessa forma…
.
Seja com um negócio online, ou através de rendas passivas, ou dando uma porrada que te permita acumular grana suficiente para ficar alguns meses sem trabalhar…
.
Há várias opções para isso.
.
O que não surtirá efeito algum é ficar de mi-mi-mi reclamando da vida o tempo todo sem agir!
.

 

Conclusão

.
Então, fez sentido para você?
.
Esse conceito é muito poderoso e cabe a você começar a trazê-lo para a sua vida afim de focar no único momento que importa, que é o agora.
.
Para de economizar felicidade e experiências únicas para o futuro. Foque na sua liberdade agora!
.
E você não precisa de muito para viver essas experiências, ainda mais em picos como o sudeste asiático ou leste europeu, onde com cerca de USD 1000 por mes, você pode viver uma vida de rei!
.
Ou seja, um milionário sem milhões! 😉
.
Milionário sem milhões - Ian Borges - e-mails
.

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho videos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tb ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

5 passos para largar o seu emprego sem medo 💼👔

5 passos para largar o seu emprego sem medo 💼👔

Nesse artigo, eu vou te ensinar como se planejar e fazer economias para uma transição de carreira com mais segurança e paz de espírito. Assim, através de alguns passos importantes, você entenderá a necessidade de juntar dinheiro para essa transição, seja para tocar um projeto pessoal e empreender, seja para fazer um sabático ou mesmo buscar uma outra empresa mais conectada com seus valores e estilo de vida.
.
.
.

A importância das iniciativas 

.

Mas, sabe porque isso é tão importante? Muitas pessoas passam a vida com medo de tomar iniciativas de mudanças e dão espaço para todas aquelas vozinhas:

.

  • Mas, se não der certo?
  • O que os outros vão pensar?
  • E como vou fazer para pagar as contas?
  • Por quanto tempo…

.

Esse tipo de atitude é, no final das contas, um grande autossabotador na sua vida.
.
Dessa forma, você precisa trabalhar os seus medos para desenvolver o seu mindset e se planejar para minimizar os riscos e fazer essa transição com mais segurança.
.
.

Deixando tudo pra trás…

.
Pegando o meu próprio exemplo, eu era Diretor na L’Oréal e resolvi largar tudo para empreender e reinventar o meu estilo de vida com mais sentido, liberdade e qualidade.
.
Dessa forma, eu teria muito mais flexibilidade para viajar pelo mundo com minha esposa, tocando os meus projetos a partir do computador.
.
Mas, óbvio que eu estava todo cagado antes de dar esse salto de fé!
.
E foram 5 passos principais que me ajudaram…
.
.

5 passos, 5 iniciativas 

.

.

1 – Primeiro passo

.
Antes de abandonar tudo, tenha bastante clareza de qual o seu porquê, ou seja, por qual motivo você está fazendo esse movimento.
.
Sem essa clareza, é muito fácil abandonar o barco nas primeiras dificuldades e, certamente, elas existirão.
.
E faça essa reflexão em paralelo ao seu trabalho atual para não bicar tudo de um dia para o outro e se ver perdido sem emprego, dinheiro nem direção.
.
.

2 – Segundo passo

.
Planeje essa transição com um foco nas finanças e expectativas de data.
.
E, aqui, há algumas etapas importantes:
.
  • Você precisa mapear o seu custo de vida hoje e saber para onde está indo seu dinheiro
  • Depois você precisa identificar todas as áreas que você pode eliminar ou reduzir gastos pensando em como tornar seu estilo de vida mais simples e minimalista:
    • Eliminar compras desnecessárias por impulso;
    • Substituir jantares caros por reuniões em casa;
    • Fazer conta para ver se vale a pena manter o carro pagando prestações, gasolina, seguro ou se vale andar de Uber e bike;
  • E, fazendo essa otimização nas suas finanças, entender qual é o mínimo de grana que você precisa para sobreviver com sua expectativa de conforto, sem excessos desnecessários.
.
.

3 – Terceiro passo

.
Uma vez que você tenha esse valor em mente, você precisa determinar quanto tempo você se sentiria confortável para ter um back-up caso não entrasse 1 real nesse seu novo momento na carreira, seja empreendendo, fazendo um ano sabático…
.
.

4 – Quarto passo

.
Multiplique esse período pelo valor mínimo que você estimou e tenha uma ideia da reserva necessária para fazer uma transição o mais sustentável possível.
.
Fórmula => R$ 6k x 12 meses = R$ 72k

.

.

5 – Quinto passo

.
Defina a estratégia para juntar essa grana.
.
Talvez, você já tenha economias acumuladas, ou vai juntar parte disso mensalmente por certo período e contar com o bônus e décimo terceiro salário para completar.
.
Talvez, você tenha que vender um bem como seu carro, de repente, negociar com sua empresa um plano de demissão onde você possa recuperar o INSS.
.
Enfim, cada um deve definir a sua estratégia e ter disciplina para seguir com o plano.
.
“Mas Ian, eu não tenho nada… Nem economia, nem bem para vender, nem bônus…”
.
Nesse caso, você terá que se organizar ainda melhor.
.
Por exemplo, abrir mão de mais coisas no seu dia a dia, ter um estilo de vida ainda mais minimalista e se planejar por mais tempo para fazer uma transição dessa.
.
Ou, simplesmente, diminuir a sua expectativa de segurança e se lançar nesse novo ciclo com mais riscos.
.
Meu amigo Italo Ventura compartilhou sua história de transição de empresário para hoje um dos maiores coaches de relacionamento do Brasil e ele disse que não havia plano B.
.
CLIQUE AQUI para conferir detalhes da entrevista do Italo.
.
Isso o ajudou a ter ainda mais foco para fazer dar certo de qualquer jeito!
.
E também acho que é uma forma bem poderosa para dar um salto de fé desse.
.
.

Conclusão

.
Então, é isso!
.
Espero que esses 5 passos tenham feito sentido para ti e que possam te ajudar a se planejar melhor para um movimento tão importante como esse em sua carreira, afim de buscar um estilo de vida com mais sentido, liberdade e qualidade.
.
5 passos para largar o seu emprego sem medo .

Se quiser saber mais sobre esse conceito…

  • Dá uma olhada no meu canal aqui no Youtube onde compartilho videos semanais sobre essas estratégias.
  • Siga-me no Instagram onde eu compartilho as minhas viagens, aprendizados e hacks diários no Stories para viver melhor que um milionário.
  • E caso tenha interesse de reinventar seu estilo de vida, eu tb ofereço uma sessão experimental aqui (mas apenas para quem estiver comprometido em investir tempo e dinheiro em seu próprio crescimento).

 


.

E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!