fbpx
Saia da sua Zona de Conforto! 🛌

Saia da sua Zona de Conforto! 🛌

Continuando a série sobre os Dream Killers, agora, vamos falar sobre o medo de sair da sua Zona de Conforto e como você poderá fazer para superá-la!

 

Quando não percebemos o problema

Sabe aquela sensação de que está tudo bem na vida? Aquela sensação de que tudo parece tão perfeito em todos os âmbitos?

Sim, é possível até ouvir violinos ao fundo…

Então, querido leitor, preciso dizer que é nessa tranquilidade que mora o problema.

É natural que as pessoas queiram passar a maior parte do tempo sem ansiedade e com o máximo de conforto possível. Isso certamente gera segurança.

Mas, viver com a impressão de calmaria é justamente o que pode estar te impedindo de alcançar todo o seu potencial e de conquistar algo maior!

Todo progresso acontece fora da zona de conforto. – Michael John Bobak

 

Comportamento natural

O ser humano procura permanecer na sua zona de conforto e toda a nossa jornada é pautada na busca por aquilo que nos garante tranquilidade.

Precisamos perceber que mesmo com toda a quietude supostamente necessária para vivermos bem, o nosso lado visionário, a vontade de dar um passo maior, de ajudar pessoas e impactar o mundo positivamente não irá morrer.

Talvez você não consiga eliminar esses anseios e tudo isso continuará dentro de você, porém de forma reprimida.

Aquela sensação de que está faltando algo pode te acompanhar para o resto da vida.

Vamos tentar uma abordagem mais científica: se voltarmos lá na Pirâmide de Maslow, nas tão famosas necessidades humanas básicas, olha só com quem nos deparamos lá no topo – necessidade de autorrealização!

E, acredite, isso não é um luxo ou simplesmente um privilégio, lembre-se que estamos falando daquilo que é básico.

Ou seja, enquanto a gente não atinge essa autorrealização, a sensação de desconforto será uma constante.

É como se estivéssemos desalinhados com a nossa essência, com a nossa arte e com a nossa missão.

 

Correndo um grande risco

E qual é o risco disso tudo?

É o de você chegar lá no final da sua vida, olhar pra trás e enxergar um passado repleto de arrependimentos e culpa de não ter realizado as coisas que realmente importavam, por conta muitas vezes da inércia e da preguiça de sair da zona de conforto.

Aquela velha máxima de que “a vida é uma só” tem que ser colocada em jogo!

Se começarmos a dar o devido valor a tudo que tem que ser vivido de forma intensa, certamente não teremos arrependimento daquilo que não foi feito.

Que tal chegarmos lá na frente com ótimas histórias para contar?

A dica é ter crises existenciais aos 20 anos, por exemplo, e não deixar para tê-las na terceira idade.

Quando se tem uma vida inteira pela frente para mudar radicalmente o rumo das coisas, tudo se torna mais fácil.  

Não estou dizendo que existe uma hora certa para dar uma guinada na vida, mas quanto antes melhor.  

Acredite em você, tente fazer diferente, faça algo novo. Que tal começar a encarar a tranquilidade como algo perigoso?

A vida começa no final de sua zona de conforto. – Neale Donald Walsch

 


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

 

Mas eu não tenho talento… Bullshit!! 🏈👨‍🍳👨‍🚀

Mas eu não tenho talento… Bullshit!! 🏈👨‍🍳👨‍🚀

Nesse artigo, vamos falar um pouco mais daquela sensação muito comum das pessoas que acham que não tem talento ou que não se acham boas o suficiente para executarem determinadas atividades.

 

Mas eu não tenho talento!

É muito comum algumas pessoas falarem que “não tem esse talento todo”.

E se você é uma dessas pessoas…

Não se preocupe, nós vamos te ajudar a desmistificar essa ideia agora.

 

É possível não ter talento?

Na verdade, toda essa teoria é uma grande ilusão. Vários estudos já provaram que isso de ter um talento desde o nascimento na verdade é um mito.

Basta você analisar esportistas, músicos e artistas e olhar o que aconteceu por trás da história de cada um deles.

Trata-se de um esforço extraordinário, que precisa de muita prática para conseguir se tornar uma referência.

É claro que você pode nascer com facilidades e inclinações para uma determinada área, mas só isso não é o suficiente.

Você vai precisar muito mais do que isso para ter os resultados esperados.

Agora, você pode estar pensando em vários nomes de pessoas de sucesso segundo o seu ponto de vista. Mas, se você parar para analisar todos eles, vai entender que não é a fisiologia e, sim, a dedicação em cada área que fez a diferença.

Talento é paciência sem fim. – Gustave Flaubert

 

Visão de longo prazo é essencial

A visão de longo prazo e a resiliência também são fundamentais para seguir em busca dos objetivos.

Quando você tem clareza da meta que quer atingir, diante de todas as dificuldades que podem aparecer, você vai seguir em frente e não se deixar abalar.

A maioria das pessoas acha que não são boas já nas primeiras dificuldades, o que as leva a fazer outra coisa e, desse modo, se tornam seres com muita iniciativa, mas sem nenhuma acabativa.

E lembre-se…

Pular de projeto em projeto não vai te levar a lugar nenhum, pois você não conseguirá focar em nada.

 

Pequenas, mas importantes iniciativas

Leia as biografias das pessoas que você mais admira que você vai entender que não foi apenas um mar de rosas.

No início, foi bastante difícil para todos eles, mas eles tinham essa motivação e, principalmente, clareza do que queriam conquistar lá na frente.

Toda essa galera foi construindo cada etapa para ter a prática e conseguirem chegar onde queriam.

Nós, seres humanos, somos adaptáveis e flexíveis, e temos oportunidades de modelar a nossa área de saber e conhecimento, podendo acumular as experiências necessárias para gerar uma contribuição positiva para o mundo, impactando as pessoas da forma que acreditamos.

Então, descubra a sua arte, o que você quer fazer para contribuir e ajudar o mundo e se dedique muito por bastante tempo, sem perder a clareza e a motivação, que você terá resultados expressivos lá na frente.

E abandone a ideia de que talento é para poucos, pois acabei de provar nesse texto que isso não faz nenhum sentido.

Ian Borges Lifestyle Strategist


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

 

Medo do que os outros vão pensar de mim 💭

Medo do que os outros vão pensar de mim 💭

Essa pode ser mais uma crença limitante presente na sua vida: o que os outros vão pensar de mim? Nesse texto, eu vou te ajudar a se livrar desse medo, afastando essa ideia da sua cabeça para te ajudar a viver com mais tranquilidade.

 

Lidando com a situação

Às vezes, quando buscamos algo diferente na vida, temos a sensação da falta de apoio e compreensão das pessoas, além de haver muitos julgamentos.

Isso acontece simplesmente porque as pessoas não estão na mesma jornada de desenvolvimento que você está.

Elas vão pensar que você precisa cair na real e sair desse mundo fantasioso. E tudo porque para elas é tão distante que é muito mais fácil ter o reflexo de criticar o que os outros estão fazendo.

 

A fórmula de sucesso para a sociedade

Desde sempre, você é condicionado a viver a formatação que a sociedade acabou criando que diz que você precisa se formar, encontrar um bom emprego, juntar dinheiro, comprar uma casa e seguir esse ciclo.

E quando você passa a questionar isso, buscando sempre algo que te conecte mais com teus valores, mesmo que tenha muito propósito e sentido, pode gerar estranhamento das pessoas ao seu redor.

Você precisa ter um norte, um objetivo para cada dia ir se aproximando mais dele.

Mas, não espere receber o apoio da família e dos amigos, pois provavelmente eles estão acostumados com aquilo que a sociedade vê como positivo.

 

A segurança é uma grande motivação

Uma das maiores motivações do ser humano é a segurança.

Qualquer ação que vá comprometer a visão de segurança das pessoas pode gerar um grande desconforto.

Imagine que sua família seja formada toda por médicos, advogados, e você resolve, por exemplo, empreender socialmente, viajar pelo mundo e ajudar crianças em vários países.

Imagine ainda o quanto é difícil aceitarem que o seu caminho seja completamente diferente do que os pais delas ensinaram. Isso pode gerar um estranhamento bem grande.

Nesses momentos, você precisa ter empatia e entender o lado deles.

A melhor forma de mostrar que faz sentido não é com argumentos e sim seguir em frente, de forma silenciosa, dia após dia, sempre melhorando.

Essa evolução constante e os resultados concretos de etapas que você está seguindo vão fazer com que as pessoas se convençam de que é possível e há outros caminhos diferentes.

É a melhor forma de inspirar as pessoas a se questionarem.

Mas se mesmo assim as pessoas só ficarem te julgando e criticando, pense se vale a pena manter a proximidade com essas amizades.

A vida é cíclica e você pode renovar muitas suas amizades e relacionamentos. Então, se pessoas negativas e julgadoras estão te atrapalhando, pense sobre isso.

 

Melhor caminho a seguir

A melhor dica sobre o assunto é você fazer o seu trabalho, pois assim os resultados vão aparecer e aos poucos as pessoas vão entendendo o que você faz e que há outras formas de prosperar e ter sucesso.

Siga em frente por esse caminho, reflita sobre as pessoas próximas e não dê tanta importância sobre o que elas estão pensando.

Isso vai te ajudar muito! Não tenha medo do que os outros vão pensar de você! 

Ian Borges Lifestyle Strategist


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

 

Mudança de vida, como fazer? 🤔

Mudança de vida, como fazer? 🤔

Neste artigo, falarei sobre a ilusão de achar que não pode mudar a si mesmo e compatilharei algumas dicas práticas para te ajudar a superar o pensamento de “mas eu sou assim, não tenho como mudar! ” e implementar uma mudança de vida.

 

Qual a definição você tem de si mesmo?

Hoje, você pode se sentir uma definição estática de si mesmo.

No entanto, isso nada mais é do que uma mentira que você mesmo cria.

Devemos nos considerar uma metamorfose ambulante com capacidade de se adaptar, crescer e evoluir em função do contexto das experiências vividas.

A definição estática é, no fim das contas, apenas uma ilusão.

Você representa algo e muito mais do que ser algo, você ESTÁ assim, o que não quer dizer que você É, obrigatoriamente, dessa forma. Falo mais sobre esse conceito nesse vídeo.

 

 

Mudar a si mesmo: identificando sua melhor versão

A vida é uma grande otimização.

Você deve estar sempre buscando um Upgrade da sua versão!

Mas, como implementar esses conceitos na sua vida?

 

1 – Nunca se limitar

Um dos passos mais importantes nessa jornada constante de evolução pessoal é nunca se deixar limitar.

Ou seja, embora você tenha alcançado uma meta de vida, não pode achar que tem de parar por aí e se dar por satisfeito.

Você deve constantemente buscar o novo ciclo na sua vida… sempre estar em movimento.

“… mas eu sou e sempre serei um advogado, mesmo que não curta o que faço, não tenho como mudar… ”

Besteira! Você é muito mais do que uma simples classificação.

 

2 – Enxergar seu próprio potencial

Outro passo importantíssimo para o seu crescimento é você ter a visão do seu potencial.

Ou seja, você não se deve pensar única e exclusivamente naquilo que você é no momento atual, mas naquilo que você pode se tornar no futuro.

Conheça suas forças e trabalhe para maximizá-las.

Tenha clareza das suas fraquezas e saiba como compensá-las.

E cada dia, dar mais um passo em direção ao seu objetivo maior.

“Oportunidades não surgem. É você que as cria. ” – Chris Grosser

 

3 – Trace sua estratégia

Sem estratégia e planejamento, dificilmente você chegará em algum lugar.

Busque respostas convincentes para seu objetivo:

Porque?

Como?

O que?

Quando?

Quem?

E assim alinhe os recursos necessários para seguir em frente com seu plano.

 

4 – Tenha comprometimento

Sem comprometimento consigo mesmo, você não chegará a nenhum lugar!

Então, tenha uma atitude protagonista e assuma as rédeas da sua vida.

Assim você passará a tomar as decisões importantes, sem deixar apenas que vida dite os seus próximos passos.

“Escolha uma ideia. Faça dessa ideia a sua vida. Pense nela, sonhe com ela, viva pensando nela. Deixe cérebro, músculos, nervos, todas as partes do seu corpo serem preenchidas com essa ideia. Esse é o caminho para o sucesso” – Swami Vivekananda


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

 

Talento VS Esforço – o que é mais importante?

Talento VS Esforço – o que é mais importante?

Nesse texto vamos falar um pouco mais daquela sensação muito comum das pessoas que acham que não tem talento, que não se acham boas o suficiente para executarem determinada atividade.

É muito comum essas pessoas falarem que “não tem esse talento todo”. Vamos desmistificar essa ideia agora.

 

É possível não ter talento?

Na verdade, toda essa teoria é uma grande ilusão. Vários estudos já provaram que isso de ter um talento desde o nascimento na verdade é um mito.

Basta você analisar esportistas, músicos e artistas e olhar o que aconteceu por trás da história deles.

Trata-se de um esforço extraordinário, que precisa de muita prática para conseguir se tornar uma referência.

É claro que você pode nascer com facilidades e inclinações, mas só isso não é o suficiente.

Você vai precisar muito mais do que essa inclinação para ter os resultados esperados.

Agora você pode estar pensando em vários nomes de pessoas de sucesso segundo o seu ponto de vista. Mas se parar para analisar todos eles, você vai entender que não é a fisiologia e sim a dedicação em cada área que fez a diferença.

 

Visão de longo prazo é essencial

A visão de longo prazo e a resiliência também são fundamentais para seguir em busca dos objetivos.

Quando você tem clareza da meta que quer atingir, diante de toda dificuldade, você vai seguir em frente e não se deixar abalar.

A maioria das pessoas acha que não são boas já nas primeiras dificuldades, vão fazer outra coisa e assim se tornam seres com muita iniciativa, mas sem nenhuma acabativa. Sempre pulando de projeto em projeto, o que não te leva a nada.

Leia as biografias dessas pessoas que admira que você vai entender que não foi apenas um mar de rosas. No início de todos eles foi muito difícil, mas eles tinham essa motivação e clareza do que queriam conquistar lá na frente.

Toda essa galera foi construindo cada etapa para ter a prática e conseguirem chegar onde queriam.

Nós, seres humanos, somos adaptáveis e flexíveis, e temos oportunidades de modelar a nossa área de saber e conhecimento, podendo acumular as experiências necessárias para gerar uma contribuição positiva para o mundo, impactando as pessoas da forma que acreditamos.

Então, descubra a sua arte, o que você quer fazer para contribuir e ajudar o mundo, se dedique muito e por um bom tempo, sem perder a clareza e a motivação, que você terá resultados expressivos lá na frente.

E abandone a ideia de que talento é para poucos, pois acabei de provar nesse texto que isso não faz nenhum sentido.

Talento vs Esforço Ian Borges Lifestyle Strategist violao


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!

Como priorizar objetivos em sua vida?

Como priorizar objetivos em sua vida?

Neste artigo, falarei sobre outro Dream Killer que existe… a ideia de focar apenas em objetivos pequenos na vida e te darei algumas dicas sobre como você pode priorizar melhor os objetivos na sua jornada.

Para começar… você sabe o que é um “Dream killer”?

Nessa série, tenho mostrado que algumas perspectivas são vitais para se aventurar em um determinado empreendedorismo. Para isso, recomendo que você confira os artigos anteriores em que já comecei a abordar e explicar a respeito do assunto.

⇒ Como superar o medo do fracasso? Dicas práticas para sua vida!

⇒ Muito velho para mudar de carreira? Saiba como superar essa ilusão!

 

Como priorizar objetivos – por que focar apenas em objetivos menores pode ser um problema?

Quando você se deixa focar apenas nos objetivos menores, a sua motivação para seguir em frente também fica menor.

Daí, sempre quando pintar um desafio, será muito fácil você abandonar o barco.

“Não adianta abrir várias iniciativas e ter poucas acabativas na vida” – Ian Borges

Por isso é importante que você aprenda a focar nos objetivos grandiosos e no longo prazo.  

A percepção de valor sobre esse objetivo será bem maior e consequentemente, a sua resiliência vai aumentar para seguir em frente.

Mas, não ignore por completo os objetivos no curto prazo.

Os objetivos de longo prazo devem ser fatiados em pequenas etapas para você não perder a noção do todo e conseguir focar no que deve ser feito hoje.

Mas uma coisa é super importante em todo esse desenvolvimento: saber o porquê de cada uma dessas etapas.

Vamos pegar o exemplo da minha companheira, a Taíssa Souza, e o projeto Bora Morar Fora.

No seu blog, ela relata histórias e experiências de brasileiros que realizaram o sonho de morar em outros países, ajudando outros brasileiros que estão em busca dessa mesma jornada.

Agora vamos imaginar que ela tivesse pensado apenas em lançar um blog sobre viagens

Nos primeiros meses, tendo poucas visualizações, não vendo um crescimento relevante, não conseguindo monetizar… com certeza, ela deixaria o projeto de lado e partiria para outra.

No entanto, ela estava focada (e ainda está) no objetivo de longo prazo: ajudar brasileiros a realizar o sonho de ir morar fora construindo uma das maior plataforma de entrevistas no Brasil!

Percebeu a diferença?

Ter o foco no longo prazo e fazer algo conectado com sua arte, com seu propósito, é muito mais forte do que simplesmente viver dando (apenas) um check nos objetivos de curto prazo.

 

A diferença entre conhecer e desconhecer o seu propósito

Quando você já tem clareza da sua arte, o caminho fica muito mais fácil.

Mas isso não quer dizer que você não terá perrengues durante a sua caminhada.

Os dias difíceis vão aparecer de qualquer forma, porém, fazendo algo conectado às suas paixões com foco no longo prazo, não tenho dúvida que terás mais perseverança para seguir firme e forte nessa jornada.

“Cada sonho que você deixa para trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.” – Steve Jobs

Ou seja, esteja preparado para lidar com as transformações e foque sua visão naquilo que faz sentido de verdade para você.

Por outro lado, se você desconhece o seu propósito, você pode seguir fazendo um monte de pequenas iniciativas, focando apenas em objetivos menores e de curto prazo… e isso vai te dar o sentimento de constante frustração e derrota.

 

Confie nos seus próprios sonhos

Mapear as principais metas do projeto que você tem em mente é muito importante para se ter clareza e discernimento do que você está fazendo.

Porém, são muitos detalhes e você nem sempre terá clareza de tudo que deve ser feito.

Eu tenho uma notícia ótima para você: não tem problema!

Faz parte lidar com muitas coisas que vão acontecer de maneira espontânea.

Por isso, aproveite e aprenda com essas situações.

“Cada tropeço na jornada é uma oportunidade de aprendizado e um convite para crescer.” – Ian Borges

Olhe para dentro de você e diga: continue, lute, acredite que você é capaz de chegar a qualquer lugar.

Mas não se esqueça de sonhar grande e pensar no longo prazo.

A vida é uma longa aventura com possibilidades infinitas.

Seja protagonista e faça a vida valer a pena! 😉

Como priorizar objetivos 2 | Ian Borges Lifestyle Strategist


Espero que tenha curtido esse artigo! Como presente, gostaria de te oferecer uma sessão de coaching experimental (valor de R$600) gratuita para dar os primeiros passos na direção de uma vida com mais sentido e liberdade.

Nessa sessão, eu vou te ajudar a ser tornar mais protagonista de sua própria vida. Ou seja, descobrir sua arte, conquistar a confiança para se dedicar a um projeto que ame, e modelar seu lifestyle para viver uma vida que valha a pena!

Infelizmente eu não posso garantir que esse presente ainda esteja disponível na data que você estiver lendo esse artigo. Então espero que entenda que há um número limitado de sessões oferecidas e depois, provavelmente, não haverá mais.

Para agendar um horário, é só clicar aqui. E aí, vamos seguir em frente?


E aí, curtiu o artigo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe com alguém que você acredita que possa ajudar!